Médico norte-pioneirense morreu de Covid-19 aos 38 anos

Corpo foi enterrado em Manaus no início da tarde desta terça

Eduardo Lass (fotos), que morou muitos anos em Santo Antônio da Platina e cuja família era proprietária da Padaria das Famílias (atualmente Prettas Padaria, na rua Rui Barbosa) faleceu vítima da Covid-19 na manhã desta terça-feira (22). Ele, médico ortopedista, estava internado na UTI de um hospital particular em Manaus, capital de Amazonas, há duas semanas.

Teve graves complicações no pulmão.

Quando menino, estudou no Escola Santa Terezinha e Colégio Estadual Rio Branco, era atleta de vôlei do professor Zezão(hoje prefeito), e de Futsal do Professor José Carlos. Era filho de Claudinho e  sobrinho do professor Cleide Alves, ex-diretor de Turismo de Santo Antônio da Platina.

Lass era formado pela Universidade Federal do Amazonas, em 2003; especialista em joelho e membro da International Society of Arthroscopy, Knee Surgery and Orthopaedic Sports Medicine, uma sociedade médica composta por profissionais dedicados ao esporte.

O ortopedista de 38 anos era casado há 16 anos e deixa um filho e uma filha. Por conta da doença, teve o corpo cremado e não houve cerimônia aberta de velório.

O último boletim epidemiológico divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas aponta que o estado possui mais 131 mil casos confirmados por Covid-19, sendo 47.559 em Manaus e 84.321 no interior. Aproximadamente 3 mil pessoas morreram em decorrência do vírus.

 

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.