Justiça decide: Amunorpi e periódico mentiram

Npdiario e jornalista foram tratados como criminosos mas Justiça desmontou trama ardilosa e confirmou serem ambos inocentes

“O tempo é o Senhor da Razão”

A Justiça enfim decidiu. O então presidente da Amunorpi(Associação dos Municípios do Norte Pioneiro) Athayde Santos, o Taidinho (foto), atual prefeito de Wenceslau Braz, faltou com a verdade ao abusar de invencionices e disparates e até acusando o Npdiario e seu diretor, jornalista Valcir Machado, de cometerem extorsão.

O advogado César Augusto de Mello e Silva foi quem defendeu Valcir e o NP.

Na época, cercado de denúncias do Ministério Público, o político resolveu atacar o portal com inverdades e sandices, agora desmentidas de maneira cabal. Ele, inclusive, já pagou pelos danos morais.

O periódico Tribuna do Vale, de modo incauto e leviano, publicou com estardalhaço as mentiras, agora reveladas não terem nenhum sentido nem procedência.

Assim, é feita Justiça, mostrando à população do Norte Pioneiro quem, efetivamente, possui credibilidade.

A sentença é reproduzida abaixo.

 

 

 

 

 

 

 

 

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Categorias e tags

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.