Ibaiti decreta lockdown total na Páscoa (vídeo)

Prefeito implora à população para manter restrições sanitárias 

A Prefeitura de Ibaiti estabeleceu novas regras para tentar conter o avanço da Covid-19 no município. Entre as medidas, a que impõe o lockdown total no feriadão da Páscoa, entre os dias 2 e 4 de abril.
Dados mais recentes da Secretaria Municipal de Saúde, divulgados nesta semana, confirmam 1.878 casos positivados em Ibaiti e 54 mortes. Outros 314 pacientes estão em tratamento.
O deputado estadual Luiz Cláudio Romanelli (PSB) disse que a situação em todo o Paraná é grave e é necessário adotar medidas restritivas para evitar o colapso no serviço de saúde. “A Páscoa é o momento de comemorar a vida, o renascimento. A vacina é a única alternativa para superarmos esse momento. Enquanto toda a população não for vacinada, usar máscara, higienizar as mãos com álcool gel e evitar aglomeração é a forma mais segura de conter o avanço do coronavírus. Por isso, nesta páscoa, fique em casa, por amor a você e a quem você ama”, disse o deputado.
Lockdown O decreto 2200, publicado pela Prefeitura de Ibaiti, estabelece medidas de distanciamento social para o enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da Covid-19, com vigência até o dia 8 de abril. Excepcionalmente nos dias 2, 3 e 4 de abril, fica suspenso o funcionamento dos serviços e atividades de todos os estabelecimentos comerciais nos limites territoriais de Ibaiti, incluindo aquelas atividades denominadas essenciais.
O prefeito Antonely de Cassio Alves de Carvalho (Republicanos) apela para que a população evite aglomeração nos dias que antecedem a páscoa, sem correria para abastecer a casa com produtos alimentícios e de primeira necessidade. Nas redes sociais, internautas também apelam para o bom senso, informando que não há necessidade de correria ou aglomeração e que o lockdown vai ajudar a evitar novos casos o município.
Ainda de acordo com o decreto publicado pela Prefeitura, as farmácias poderão funcionar na modalidade de entrega, e os postos de combustíveis apenas para abastecimento de veículos, mantendo as lojas de conveniências fechadas.
“Todos deverão respeitar o horário do toque de recolher a partir das 20 horas de um dia, até às 5 horas do dia seguinte, período em que as pessoas deverão ficar em suas residências, mantendo-se o distanciamento social”, diz o artigo 3º do decreto.
De acordo com o documento, “durante o horário do toque de recolher, devem circular somente prestadores de serviços de segurança, assistência social, saúde, entregadores de delivery de alimentos, e funcionários de empresas privadas que estejam trabalhando no período noturno, desde que seja comprovada a necessidade”.
Confira abaixo a íntegra do decreto publicado pela Prefeitura de Ibaiti:
DECRETO Nº 2200, DE 26 DE MARÇO DE 2021 Estabelece medidas de distanciamento social para o enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da doença infecciosa viral respiratória causada pelo agente COVID-19, que deverão viger até o dia 8/4/2021.
O SENHOR ANTONELY DE CASSIO ALVES DE CARVALHO, PREFEITO DE IBAITI, ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe conferem o inciso VI, do art. 66, da Lei Orgânica do Município de 27.4.1990; e CONSIDERANDO a necessidade de dar complementação às medidas de controle e prevenção para enfrentamento da emergência em saúde pública de decorrente da doença infecciosa viral respiratória causada pelo agente COVID-19; CONSIDERANDO o cenário epidemiológico atual retratado nos boletins da vigilância epidemiológica, indicando o número de casos confirmados, recuperados, de óbitos, e àqueles em investigações pelo COVID-19, em nosso município;
CONSIDERANDO a relevância em manter a prestação de serviços e atividades voltadas à subsistência, saúde e abastecimento dos cidadãos, desde que observadas as normativas da Secretaria de Estado da Saúde e das demais secretarias municipais de saúde;
CONSIDERANDO a necessidade da atuação conjunta de toda sociedade para o enfrentamento da pandemia da COVID-19;
CONSIDERANDO o aumento da taxa de ocupação hospitalar nos últimos 15 (quinze) dias;
CONSIDERANDO a falta de leitos de UTI’s nos hospitais de referência do nosso município;
CONSIDERANDO a reunião deliberativa do Comitê Gestor do Plano de Prevenção e Contingenciamento em Saúde do COVID-19 – Comitê Extraordinário CV19, realizada às 16h do dia 25.3.2021;
DECRETA: Art. 1º Fica estabelecida as seguintes medidas de distanciamento social para o enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da doença infecciosa viral respiratória causada pelo agente COVID-19, com vigência até o dia 8/4/2021.

Art. 2º Excepcionalmente nos dias 02, 03 e 04 do mês de abril de 2021, fica suspenso o funcionamento dos serviços e atividades de todos os estabelecimentos comerciais nos limites territoriais deste município, incluindo àquelas atividades denominadas essenciais.

Parágrafo único: excetuam-se a regra estabelecidas no “caput” deste artigo, às FARMÁCIAS que poderão funcionar na modalidade de entrega, e os POSTOS DE COMBUSTÍVEIS apenas para abastecimento de veículos, mantendo suas lojas de conveniências fechadas.  

 

Art. 3º Todos deverão respeitar o horário do toque de recolher a partir das 20h (vinte horas) de um dia, até às 5h (cinco horas) do dia seguinte, período em que as pessoas deverão ficar em suas residências, mantendo-se o distanciamento social.

Parágrafo único. Durante o horário do toque de recolher, devem circular somente prestadores de serviços de segurança, assistência social, saúde, entregadores de delivery de alimentos, e funcionários de empresas privadas que estejam trabalhando no período noturno, desde que seja comprovada a necessidade.

Art. 4º A exceção dos dias estabelecidos no artigo 2º deste Decreto, e, em razão da emergência da saúde pública causada pelo agente do COVID-19, as atividades a seguir relacionadas deverão respeitar as seguintes regras de prevenção e horário de funcionamento:

I – COMÉRCIO EM GERAL

a) Poderão funcionar de segunda a sexta-feira das 9 horas às 17 horas e aos sábados das 9 horas às 12 horas;

b) exigir o uso obrigatório de máscaras de todas as pessoas que circularem dentro do estabelecimento comercial, tais como: clientes, funcionários e colaboradores.

II – SALÕES DE BELEZA, BARBEARIAS, E ATIVIDADES AFINS:

a) Poderão funcionar de segunda a sexta-feira das 9 horas às 17 horas e aos sábados das 9 horas às 12 horas;

b) Priorizar o agendamento dos atendimentos e restringir à espera do atendimento no local ao máximo de 2 (duas) pessoas;

c) exigir o uso obrigatório de máscaras de todas as pessoas que circularem dentro do estabelecimento comercial, tais como: clientes, funcionários e colaboradores.

III – SUPERMERCADOS, AÇOUGUES, MERCEARIAS, QUITANDAS:

a) Poderão funcionar normalmente;

b) Poderão funcionar aos domingos e feriados;

c) Observar o horário do toque de recolher estabelecido no art. 2º deste decreto;

d) exigir o uso obrigatório de máscaras de todas as pessoas que circularem dentro do estabelecimento comercial, tais como: clientes, funcionários e colaboradores.

e) Proibida a venda de bebidas alcóolica aos domingos, bem como durante o horário do toque de recolher estabelecido no art. 2º deste decreto.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.