Evento reuniu 840 atletas

Aconteceu recentemente no Centro Esportivo Bagozzi (CEB), em Curitiba, a Copa Paraná que reuniu 840 atletas de todas as categorias em evidência do judô. O garoto de Santo Antônio da Platina, de oito anos de idade, Murilo Paganardi Sobaranski, conquistou merecidamente, o 3º lugar na categoria sub 11, aliás, a mesma colocação que alcançou em setembro último, também na Capital do Estado, quando disputou o Campeonato Paranaense Mirim de Judô Sub 11, promovido pela Federação Paranaense de Judô que é filiada junto à Confederação Brasileira de Judô. Além dele, seu irmão, Guilherme Paganardi Sobaranski, o ‘Gui’, também disputou a categoria sub 18 e, Igor – ambos da equipe ‘Judô Cintra’ – competiu na categoria Sub 15.

A classificação obtida por Murilo lhe deu direito a vaga para disputar o Campeonato Interestadual de Judô, dia seis de novembro, em Jaraguá do Sul (SC), que irá reunir atletas do Paraná, Santa Catarina, São Paulo e Rio Grande do Sul.
Se, por um lado, a alegria é muito grande, por outro, existe a preocupação de conseguir recursos, através de patrocínio, para as despesas com viagem, hospedagem e alimentação. O pai de Murilo e Gui, Ezequiel Sobaranski, é muito esforçado e não tem medido esforço em estar ao lado dos filhos e com eles viajar. “Já pedi patrocínio em algumas empresas em Santo Antônio da Platina, mas, infelizmente, não tenho conseguido”, disse Ezequiel. Só o kimono, hoje, fica em mais de R$ 200, conforme disse o pai de Murilo que teve que adquirir um novo uniforme. “É tudo caro e nada hoje em dia vem de graça, mas afirmo que o que compensa é ver o sorriso deles no final de cada competição, isso é compensador e vale todo o sacrifício”, afirmou o pai dos atletas.
Para a competição em Santa Catarina Ezequiel Sobaranski está organizando uma rifa de um parelho celular para garantir as despesas e que será feito o sorteio em cinco de novembro. “Somente nas duas últimas competições em setembro e agora em outubro, tivemos um gasto de R$ 800”.
Otimista quanto ao futuro dos filhos, Ezequiel disse que “no ano que vem acredito que meu filho mais velho deve conseguir a classificação para o Brasileiro Sub 18, é que está treinando muito e competindo bem. Estou confiante e inclusive treino junto com eles, esse é o meu apoio, aliás, faço tudo por eles”.
A competição em Santa Catarina deve proporcionar uma despesa superior a R$ 700. Quem desejar adquirir número da rifa ou colaborar de alguma forma os atletas do judô, podem ligar para o telefone: (43) 9956-0060. Infelizmente a Secretaria Municipal de Esportes não tem dado nenhum apoio, como ocorreu recentemente com a realização do 1º Circuito AcorrenorpiRunning. “Vamos ver se no ano que vem com a nova administração a Secretaria de Esportes dê valos aos novos talentos de Santo Antônio da Platina que levam o nome da cidade por diversos lugares do País, pelo menos o prefeito eleito já garantiu que vai nos ajudar, então, estamos otimistas com o futuro”, finalizou o pai dos meninos atletas de judô, Ezequiel Sobaranski.

Reportagem: Jornalista Fábio Galhardi/Especial para o npdiario

juda4 juda2 juda3

 

Você terminou a leitura, navegue pelas nossas notícias a seguir

Categorias e tags

Compartilhar essa notícia

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Share on email
Share on whatsapp

Siga-nos

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.