Começa vacina contra gripe

Levar CPF e os cartões de vacinação e do SUS nos postos de vacinação

Em Santo Antônio da Platina, a campanha de vacinação contra a Influenza, o vírus da gripe, iniciou nesta segunda-feira (12), assim como em todo o Paraná. Tem que levar o cartão de vacinação, cartão SUS e CPF, segundo antecipa a secretária municipal de Saúde platinense, Gislaine Galvão.

A vacinação teve o começo pelo grupo prioritário composto de crianças de seis meses a seis anos de idade, gestantes, puérperas, povos indígenas, trabalhadores da saúde. Veja mais abaixo a ordem dos grupos prioritários.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza vai até 19 de julho. A meta para todos os estados, segundo o governo federal, é imunizar pelo menos 90% dos grupos prioritários. Para a primeira fase, o estado recebeu 372 mil doses do Ministério da Saúde.

A Sesa alerta que a vacinação contra a gripe é importante pois, além de prevenir o surgimento de complicações, internações e óbitos por causa da própria infecção, vai reduzir os sintomas que podem ser confundidos com a Covid-19.

“Estamos trabalhando com duas campanhas simultaneamente, contra a Covid-19, já em andamento, e agora contra a Influenza. O Paraná tem expertise em vacinação e conta com uma rede com 1.850 salas de vacina”, afirma o secretário de Saúde, Beto Preto, “com mais pessoas vacinadas contra a gripe o diagnóstico médico para outras doenças respiratórias será facilitado”, explica o secretário.

As doses estão sendo aplicadas em sete pontos diferentes de Unidades Básicas de Saúde (UBS):

Vila Sete das 8h às 11h, Santa Terezinha das 13 às 16 horas, UAPSF das 8h às 17 horas, Vila Ribeiro das 13 às 16h e Vitória Régia das 13h às 16 horas.

Conforme a Sesa, a vacinação será feita de forma escalonada, com os grupos prioritários distribuídos em três etapas:

Grupos prioritários

Conforme a Sesa, a vacinação será feita de forma escalonada, com os grupos prioritários distribuídos em três etapas:

  • 2º fase (11 de maio a 8 de junho): idosos com 60 anos e mais, professores das escolas públicas e privadas.
  • 3º fase (9 de julho e 19 de julho): pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.
  • De acordo com a Atenção e Vigilância em Saúde da Sesa, esta é a primeira vez que os idosos não estão na primeira etapa de vacinação contra a gripe. A ordem foi invertida por causa da imunização contra a Covid-19.

    O Ministério da Saúde não recomenda a aplicação das vacinas contra a Covid-19 e a gripe simultaneamente. A orientação é que as vacinas sejam aplicadas com um intervalo mínimo de 14 dias entre elas.

    Crianças  –  Para os pais de crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade e que receberão a dose pela primeira vez na vida, a Sesa lembra que é preciso aplicar a vacina em duas doses.

    Neste caso, após a primeira aplicação, é preciso agendar a segunda dose obedecendo um intervalo de 30 dias.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.