Calopsita desaparece de bairro platinense

Ave é dócil e de fácil relacionamento com ser humano

Esse calopsita macho de nome Max (fotos) desapareceu na tarde de domingo, dia quatro, no Jardim Eggea, perto do Colégio Casucha, em Santo Antônio da Platina.

Segunda a tutora,  Milene Guerra, a família o cria desde filhotinho e desde domingo não foi mais visto. Um menino é quem mais está sentindo a falta.

Foi criado solto na casa, e se acredita que tenha voado perto ou talvez longe, pois ele não estava com asas cortadas. É muito dócil.

Calopsita ou caturra (Nymphicus hollandicus) é uma das aves de companhia mais populares no Brasil. Pertence à mesma ordem dos papagaios, cacatuas, periquitos etc. Essa popularidade é devida principalmente à personalidade dela aliada à sua beleza. São aves muito sociáveis entre a sua espécie e até outras.

Quem tiver informações, favor entrar em contato nesses números celular ou WhatsApp (43) 99844-0023 e 99844-1077.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.