Santa Mariana dá um salto no IDEB e se prepara para avançar ainda mais

Ao analisar os avanços da educação de Santa Mariana, a professora Agda Pavanello, diretora da Escola Municipal Pedro Moreira da Silva, resgata o passado recente do município

Em quatro anos, a educação municipal de Santa Mariana deu um salto: o Índice de Desenvolvimento do Ensino Básico (IDEB) aumentou 13,46%, passando de 5.2 para 5.9. Com isso, o município se adequou à meta projetada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira, o INEP, e está pronto para um novo ciclo de crescimento e superação das metas. Há quatro anos, o município é parceiro da Editora Opet, utilizando os materiais didáticos, ferramentas, implantações, formações e assessoramento pedagógico do selo Sefe – Sistema Educacional Família e Escola.

A secretária municipal de Educação, professora Mara Martins, destaca a importância da parceria. “Para ter sucesso no plano de ação da secretaria, não basta ter boa vontade e condições econômicas e estruturais. É importante firmar parcerias que façam com que a educação avance.” Segundo ela, a parceria garantiu subsídios para o trabalho. “Se, por um lado, nossos profissionais são dedicados e antenados, nosso parceiro, a Opet, é idealizador e fomentador da busca pelo melhor, atualizando os conteúdos multidisciplinares sempre, de acordo com a legislação vigente e o momento histórico”, observa.

A secretária também destaca o valor de sua equipe, assim como a aproximação família-escola, uma tônica da parceria com a Editora Opet. “O trabalho desenvolvido pelas escolas com o Sefe avançou muito. Os encontros sempre buscam que as famílias se sintam acolhidas e que as crianças sintam que a família é o porto seguro.”

Dúvidas e avanços – Ao analisar os avanços da educação de Santa Mariana, a professora Agda Pavanello, diretora da Escola Municipal Pedro Moreira da Silva, resgata o passado recente do município. “Nós começamos a evoluir em 2013, com grandes conquistas a partir de 2015. Os professores ficaram mais motivados e satisfeitos. Eu diria que a nossa educação está avançando graças ao trabalho incansável de todos os envolvidos.” O IDEB de sua escola, por exemplo, saltou de 5.3 para 6.0 em quatro anos, um avanço de 13,02%.

Questionada sobre a parceria com a Editora Opet, a diretora lembra que, no início, ela despertou dúvidas. “Todo trabalho novo gera dúvidas, mas, assim que começamos, percebemos a evolução dos nossos estudantes. Vimos também um grande avanço em relação à aproximação família-escola, algo que é muito importante para o sucesso da educação.”

A professora Lorena Carnelossi Araujo dá aulas no Centro Municipal de Educação Infantil Etelvina França Machado. Para ela, a parceria com a Editora Opet é muito eficaz no processo de ensino-aprendizagem. Um dos pontos altos, segundo ela, são as formações pedagógicas realizadas pela equipe da Editora. “As formações são muito boas e os formadores explanam o conteúdo de forma clara e objetiva. Eles sempre trazem novidades e ofertam novas possibilidades de ensino e aprendizagem.”

Lorena também destaca a qualidade dos materiais didáticos. “O material é rico em detalhes, cores e formas, tudo pensado para a criança de acordo com cada faixa etária. Além disso, os conteúdos seguem uma sequência gradativa de complexidade, estão sempre associados.” Segundo ela, os materiais vêm cumprindo um papel importante durante o período de aulas remotas. O mesmo vale em relação à aproximação entre as famílias dos estudantes e a escola, que é importante para o trabalho virtual.

Para a professora Rosa Maria Souza Ferreira, que dá aulas para turmas de 2º e 5º ano nas escolas municipais Carmela Dutra e Pedro Moreira da Silva, os bons resultados da parceria com a Editora Opet se mostram na aprendizagem. Uma parceria que, segundo ela, propõe aos docentes uma perspectiva inovadora, reflexiva e interdisciplinar sobre a educação. “Eu destaco esse olhar crítico e avaliativo, que vem ao encontro das necessidades dos nossos estudantes.”

Educação Especial – Por suas características, a educação especial exige um suporte ainda mais intenso para os professores, estudantes e famílias. E esse suporte é encontrado na parceria com a Editora Opet. “Os materiais contemplam conteúdos adequados ao ensino, principalmente na questão estética. As imagens são grandes e coloridas, e isso chama atenção dos alunos.”, explica a professora Edvânia Marconcin, da Escola Municipal Pedro Moreira. Ela destaca a importância das formações continuadas. “Elas são muito boas e dão suporte para a prática docente. Pelo menos eu, como professora, fiz e faço uso de dicas e estratégias de atividades abordadas na formação.”

DedicaçãoA gerente pedagógica da Editora Opet, Cliciane Élen Augusto, atribui o sucesso da educação municipal de Santa Mariana ao trabalho cuidadoso realizado nos últimos anos. “Vemos planejamento e, também, uma equipe de gestores e professores motivada, que valoriza a parceria, os materiais didáticos, os momentos formativos e o diálogo pedagógico. Isso consolida o caminho para que a educação de Santa Mariana avance ainda mais nos próximos anos.”

Para o gerente comercial da Editora Opet para a área pública, Roberto Costacurta, é importante ressaltar o compromisso dos gestores de Santa Mariana com a educação. “Ao longo dos anos, testemunhamos o empenho do prefeito Jorge Nunes, da secretária Mara Martins e de toda a equipe em relação à educação. Foram muitos investimentos e muitas conquistas, que já estão fazendo a diferença para o município.”

 

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.