Reitora da UENP assume conselho de reitores do Paraná

Ela foi eleita por unanimidade pelos dirigentes das instituições de ensino superior do Estado

A professora Fátima Aparecida da Cruz Padoan, reitora da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), assumiu a presidência do Conselho de Reitores das Universidades Públicas Estaduais do Paraná. Ela foi eleita por unanimidade pelos dirigentes das instituições de ensino superior do Estado e já foi empossada na nova função.

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) destacou a importância da nova função e o compromisso da reitora com o fortalecimento das universidades estaduais. Fátima Padoan também preside a Associação Paranaense das Instituições de Ensino Superior Público, que é a representação político-institucional das universidades nas esferas municipal, estadual e federal.

“Conheço a reitora Fátima Padoan e reconheço a luta dela, junto com os demais reitores, para o fortalecimento do ensino superior de qualidade em todo o Estado. Não me surpreende ela ser escolhida para presidência do Conselho. Ela tem o respeito de lideranças políticas, acadêmicas e de estudantes justamente pela competência, seriedade e compromisso com a educação superior e a pesquisa”, destaca Romanelli.

O Conselho de Reitores é composto exclusivamente pelos representantes das instituições estaduais de ensino superior. Como primeira presidente do colegiado, Fátima Padoan reforçou o compromisso dos reitores com a comunidade acadêmica no trabalho de regulamentação do fórum. “A ideia é dialogar com os demais membros do colegiado, a fim de fortalecer a atuação dessa nova representação universitária”, disse ela.

Segundo a reitora, o regulamento do Conselho d eve ser publicado até meados de março. A proposta é contribuir para a elaboração de programas e projetos de ensino, pesquisa, extensão e inovação, com foco no desenvolvimento regional sustentável, considerando aspectos acadêmicos, tecnológicos, culturais, sociais e econômicos.

Autonomia — O novo órgão formado pelos reitores das universidades estaduais do Paraná foi criado em razão da aprovação da LGU (Lei Geral das Universidades), sancionada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior em dezembro do ano passado. Um dos objetivos da Lei é estabelecer parâmetros de financiamento para as sete universidades estaduais paranaenses, com critérios para a eficiência da gestão universitária.

A LGU busca assegurar equidade no subsídio financeiro repassado às instituições, a partir de metodologias públicas, transparentes e auditáveis, com autonomia administrativa, didático-científica e de gestão financeira e patrimonial das instituições.

“O Conselho tem como finalidade acompanhar a aplicação da LGU e promover a articulação entre as instituições que integram e se relacionam com o Sistema Estadual de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná, uma ação conjunta dos reitores das sete universidades estaduais para fortalecimento do ensino e pesquisa no Estado”, pontua a reitora Fátima Padoan.

 

Você terminou a leitura
Compartilhar essa notícia
Escrever um comentário

Últimas notícias

Apreendido furgão de cigarros em Guapirama
6 horas atrás

Apreensão se deu após fuga por mais de dez  quilômetros por rodovias locais Agentes da

Operação Fecha Quartel III na região
6 horas atrás

Executada pelo 2º Batalhão da Polícia Militar Foi promovida a 3ª fase da Operação Fecha

Pro Tork conquista títulos antecipados
21 horas atrás

No Sportbay Brasileiro de Motocross 2022 A Pro Tork comemorou a conquista de dois títulos

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.