Prioridade na matrícula à filhos de pais idosos e deficientes

Projeto de Lei facilita o acesso à educação pública

Nesta semana, o deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), apresentou projeto de lei que assegura prioridade na matrícula em escola pública próxima da residência para criança e adolescente cujos os pais ou responsáveis sejam idosos ou pessoas com deficiência.

“A proposta amplia o espectro de proteção dos direitos garantidos aos idosos e às pessoas com deficiência, possibilitando que seus filhos ou pessoas sob suas responsabilidades tenham o acesso facilitado à educação pública”, justifica o deputado.

Romanelli argumenta que o projeto concretiza pontos programáticos dispostos nas constituições estadual e federal e dos estatutos do idoso e da pessoa com deficiência.

Pelo projeto, a solicitação da matrícula deverá ser feita diretamente diretamente na escola de interesse da família, mediante apresentação de documento que comprove a identidade (criança, adolescente) e no caso dos pais e responsáveis, o documento que ateste a condição de pessoa idosa ou com deficiência e comprovante de
residência.

“No caso de o responsável não ser um dos pais da criança ou do adolescente, será necessário apresentar
documento que comprove sua guarda ou tutela”, prevê o parágrafo 2º do artigo 1º do projeto.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.