Parceria entre Tecpar e Uenp estimula inovação e empreendedorismo

Um dos projetos é a criação de um Circuito Sustentável do Norte Pioneiro do Paraná com conteúdos de biologia, química, física, matemática, história, português, inglês e libras

A parceria entre o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) e a Universidade Estadual do Norte do Paraná (Uenp) vai incentivar a inovação, desenvolvimento de soluções tecnológicas, apoio ao setor produtivo, sustentabilidade e empreendedorismo na região. Na semana passada, o Tecpar fez a cessão das instalações de sua unidade em Jacarezinho para a Uenp.

“Essa integração é essencial para o desenvolvimento regional. Temos expectativas grandes em relação às nossas instituições de ensino públicas do Paraná. A Região Norte Pioneira do Paraná tem muito o que avançar, e a Uenp tem um papel estratégico, com o monitoramento do conhecimento, de construção de soluções”, disse o deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB).

Durante a solenidade, a Uenp anunciou para o espaço cedido à Universidade o desenvolvimento de projetos e ações formativas nas áreas de ensino, pesquisa, extensão, cultura e internacionalização voltadas à comunidade local e regional.

“Este espaço será muito bem utilizado e trará benefício imediato para toda a população. Vai desenvolver projetos de pesquisa e extensão, o espaço beneficiará toda a comunidade da região, pelas ações formativas e culturais que serão realizadas”, disse a reitora Fátima Padoan.

INOVAÇÃO – Além da cessão do espaço, a Tecpar também disponibilizou três colaboradores para o desenvolvimento de soluções junto ao corpo acadêmico da Uenp.  O diretor-presidente do Tecpar, Jorge Callado, destacou que a parceria tem como foco unir esforços entre educação, desenvolvimento, soluções e difusão tecnológica.

“A parceria deve fomentar o apoio científico e tecnológico às atividades de diversos setores econômicos de interesse para o Estado, com a difusão de tecnologias de gestão para a melhoria da competitividade das organizações públicas e privadas”.

Para o superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná, Aldo Nelson Bona, essa parceria é importante para otimizar a utilização do espaço. “A ideia é que possamos levar muitos projetos de extensão para atender principalmente a comunidade ao entorno, fazer um grande centro formador na área de ciências e educação”, ressaltou.

ATIVIDADES – Entre as atividades previstas para serem desenvolvidas no espaço estão: oficinas de introdução ao empreendedorismo; laboratório de internacionalização e interface pesquisa-comunidade: apoio a agricultura familiar no Norte Pioneiro.

Um dos projetos é a criação de um Circuito Sustentável do Norte Pioneiro do Paraná com conteúdos de biologia, química, física, matemática, história, português, inglês e libras. O projeto prevê a montagem de um planetário, mostrando a origem da vida, uso de combustíveis fósseis, biocombustíveis e a industrialização da região. Também serão apresentados conteúdos sobre produção alimentícia, métodos químicos e físicos, robótica e sobre o histórico da Uenp.

Ainda estão previstos projetos como o DaFIBRA (oficina de artesanato com a fibra do bagaço da cana-de-açúcar); Capoeira Contemporânea; Não era uma vez – Era uma vez mais (contação de histórias); Acordes e Batuques – Musicalidade e o  Museu de Arte Popular do Norte do Paraná.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.