Inscrições para o Fies abrem nesta terça-feira

Começam nesta terça-feira, dia 26, as inscrições para o processo seletivo do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do primeiro semestre de 2016.
As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet, no site do Fies, até o dia 29 (sexta-feira).
Os interessados devem acessar o endereço eletrônico http://fiesselecao.mec.gov.br/, sendo este o único meio disponível para realização de inscrições.
Para se inscrever é necessário que o estudante informe o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF), crie uma senha pessoal e informe um endereço de e-mail. O endereço de e-mail deve ser válido, pois nele será enviado o link para a ativação do cadastro no Fies 2016.
Desde que foi criado em 2001, o Fies já concedeu mais de 2 milhões de financiamentos estudantis e uma das principais vantagem oferecidas pelo financiamento é a taxa de juros de 6,5% ao ano e também as condições oferecidas para a quitação do contrato.

O que é necessário para se inscrever no Fies 2016

Para participar do processo seletivo do Fies 2016 e concorrer a uma das 300 mil vagas para novos financiamentos que serão oferecidas durante o ano, é necessário que o estudante atenda os seguintes requisitos:
-Sua renda familiar não pode ser maior que dois salários mínimos e meio por pessoa da família;
-Ter participado de alguma edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e ter obtido uma média de 450 pontos nas provas de conhecimentos e superior a zero na prova de redação.
Caso o estudante tenha concluído o ensino médio antes de 2010 e também para os que sejam professores da rede pública de ensino matriculados em cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia, estão automaticamente dispensados da exigência de ter participado do Enem.
Professores da rede pública que já possuem diploma de nível superior e que estão matriculados em cursos de sua área de atuação também podem participar do processo seletivo do Fies 2016.

Novas regras do Fies 2016

As novas regras para o Fies foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU), e uma das principais mudanças é que estudantes que já possuem diploma de nível superior (mesmo não sendo professores) vão poder participar do processo seletivo do Fies 2016. Porem em caso de empate, o estudante que ainda não possui diploma de nível superior será beneficiado com direito de contratar o financiamento.
Ficou definido também que serão priorizadas as regiões que apresentam um menor IDH (Índice de Desenvolvimento Humano). Instituições de ensino superior que estejam localizadas nestas regiões receberam um número maior de vagas para novos contratos no Fies 2016.
Regiões que em 2015 tiveram um número maior de inscritos no Fies também serão priorizadas nesta edição.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Categorias e tags

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.