“Gincana da Cidadania” reúne autoridades

A idade mínima necessária para que um brasileiro possa se candidatar ao cargo de governador foi a pergunta que definiu a equipe vencedora da terceira etapa da “Gincana da Cidadania”, gravada nesta segunda-feira, dia 30, em Wenceslau Braz, no Colégio Estadual Sebastião Paraná, onde estudou o ex-governador José Richa. Também participaram da atividade os alunos do Colégio Estadual do Campo Humberto de Alencar Castelo Branco e do Colégio Estadual Antônio Delfino Fragoso._x000D_
“A disputa foi ponto a ponto e no final todo mundo mostrou que aprendeu bastante quando estudou os conteúdos do Guia do Cidadão, mas vencer por meio ponto foi uma coisa muito emocionante”, relatou a aluna Maria Helena Azevedo Gomes, do Colégio Castelo Branco._x000D_
Em um segundo momento, os jovens participaram da gravação do programa “Papo Cidadão” e tiveram a oportunidade de conhecer melhor quem são os representantes dos três Poderes na cidade onde vivem._x000D_
O presidente da Câmara Municipal, o juiz da Comarca, o promotor de Justiça e a chefe do Núcleo Regional de Educação contaram um pouco sobre as suas atividades cotidianas e responderam a várias perguntas._x000D_
O nível dos questionamentos e o interesse demonstrado pelos alunos também surpreendeu o presidente da Câmara Municipal de Wenceslau Braz, vereador Valdenir Aparecido Pontes. “Esse projeto devia acontecer em todas as escolas, para dar a oportunidade que esses alunos tiveram hoje para todos os estudantes da rede pública. Se queremos mudar esse país, temos que começar com uma educação que contemple o debate político”, ressaltou Valdenir._x000D_
O juiz da Comarca, Elberti Mattos Bernardineli, foi o que mais respondeu às perguntas elaboradas pelos alunos, que queriam saber desde questões do dia a dia do magistrado até assuntos polêmicos, como a redução da maioridade penal. “Eles mostraram que estão preparados e conscientes não só dos seus direitos, mas também dos seus deveres”, complementou._x000D_
O promotor substituto Silvio Rodrigues dos Santos Júnior considera que esses encontros com jovens tão ansiosos por um país e um futuro melhor são uma troca de experiências muito rica e tornam possível conhecer melhor o que eles precisam para se desenvolverem plenamente e se tornarem cidadãos participativos e conscientes._x000D_
A chefe do Núcleo Regional de Educação, Neli Couto Ribeiro Saliba Costa, parabenizou todos envolvidos no Projeto. “Foi muito gratificante ver esse entusiasmo no olhar de cada um desses estudantes e perceber o quanto eles gostaram de participar”, comentou.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Categorias e tags

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.