Celular causa mais de 50% de acidentes

Um dos maiores especialistas em gestão de trânsito no Paraná faz alerta importante

Com mais de 20 anos de experiência na área de trânsito, educando pessoas com criatividade, motivação, inovação, qualidade de vida e principalmente no crescimento profissional e pessoal, o empresário e líder classista Ivonei Clauer Bozi (fotos) visitou o Npdiario, em Santo Antônio da Platina.

Ele, que é Presidente do Conselho Municipal de Trânsito e Transporte platinense desde 2012 e proprietário da Auto-escola Preferencial, disse estar preocupado com o número de acidentes que poderia ser evitado no Norte Pioneiro, “as maiores causas prosseguem sendo falha humana, buracos na pista, imprudência alheia, principalmente ultrapassagem em lugares proibidos, problemas climáticos, embriaguez no volante, excesso de velocidade, cansaço e sono, falta de manutenção no veículo.. Mas, nos últimos anos, o que mais cresceu foi atender, falar ou escrever no telefone ao volante (WhatsApp), pois diminui  muito a concentração do motorista”, diz o especialista.

“Mais de 50% dos acidentes são causados pelo uso indevido do celular, ao checar WhatsApp, enviar um SMS, atender uma ligação ou acessar sites de notícias ou redes sociais aparentemente são gestos inofensivos, mas além da multa de R$ 293,47 e a perda de 7 pontos na carteira os motoristas ainda podem se envolver em acidentes fatais e prejudicar também a vida de terceiros”, adverte, adicionando: “O smartphone amplia em até 400% o risco e retira o foco da atenção dos condutores”.

O Paraná tem uma frota de 8.291.428 de veículos, conforme dados do Ministério da Infraestrutura. Confira como fica a distribuição entre os principais tipos:

  • Automóveis: 4.782.166
  • Utilitários: 89.499
  • Motos: 1.268.150
  • Caminhões: 288.154
  • Ônibus: 47.490

*Números atualizados em outubro de 2021.

O gestor de trânsito esclareceu também sobre o calendário de pagamento do IPVA(Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor) que se iniciará no próximo dia 17.

A Secretaria da Fazenda do Estado manteve a alíquota do tributo de 3,5% sobre o valor de mercado do automóveis.

No Paraná o IPVA 2022 pode ser dividido em cinco parcelas. Os vencimentos são nos meses de janeiro a maio. Quem optar pelo pagamento em cota única têm de 17 a 21 de janeiro. A data de vencimento depende do número final da placa do veículo.

Para verificar o valor do IPVA do veículo registrado no Paraná, de acordo com Ivonei, é necessário acessar o site da Secretaria da Fazenda do Estado do Paraná

Será necessário informar  o Renavam e a placa do veículo para obter informações sobre valores e datas de vencimento. Com esses dados será possível gerar o boleto do IPVA 2022 PR.

O pagamento pode ser realizado via autoatendimento dos bancos em aplicativos ou sites oficiais das instituições financeiras. As informações detalhadas sobre a quitação do IPVA 2022 PR estão disponíveis no portal da Secretaria da Fazenda do Estado do Paraná.

Caso o contribuinte não faça o pagamento do IPVA 2022 PR o veículo poderá ser apreendido pelo Detran. O que vai acarretar, além da retenção do veículo, multa e novos gastos.

Para consultar valores relacionados a seguro obrigatório e licenciamento, acesse o portal do Detran-PR.

Currículo de Ivonei Clauer Bozi:

FORMAÇÃO SUPERIOR

  • PUCPR – Pontifícia Universidade Católica do Paraná – Centro de Teologia e Ciências Humanas, no curso de Educação e Gestão de Trânsito e Transporte;
  • Pós-graduação pela Universidade Candido Mendes em SEGURANÇA DO TRABALHO;

CURSOS PROFISIONALIZANTES

  • CRT: Controladoria Regional de Trânsito/PR. – Formação de  Instrutor de Trânsito: Teórico técnico e Pratico de Direção veicular;
  • CRT: Controladoria Regional de Trânsito/PR. – Formação de Instrutor do MOPP: Movimentação e Operação de Produtos Perigosos;
  • CRT: Controladoria Regional de Trânsito/PR. – Formação de  Diretor Geral: Gerenciamento de CFC Centro de Formação de Condutores;
  • CRT: Controladoria Regional de Trânsito/PR. – Formação de  Diretor de Ensino: parte pedagógica  de CFC Centro de Formação de Condutores;
  • Secretaria de Estado do Emprego e Relação do Trabalho: gerenciamento do Comércio Varejista;
  • Comunicação Verbal e Interpessoal: Oratória, Arte em falar em Publico;
  • HONDA: Centro Educacional de Trânsito Honda. – Curso de Pilotagem;
  • DELTA FORCE/ DEFENSIVE DRIVING Curso Avançado de Direção Preventiva e Evasiva. 

Para mais informações: Autoescola Preferencial/ Rua Rui Barbosa, 1068 – Centro – Santo Antônio da Platina. Telefone (43) 3534-4700.

São competências do Conselho Municipal de Trânsito e Transporte:

I – controlar, acompanhar e avaliar a política municipal de trânsito e transporte, conforme as diretrizes estabelecidas pela Conferência Municipal de Trânsito e Transporte de Santo Antônio da Platina, PR;

II – colaborar na elaboração do Plano Diretor de Trânsito, Transporte e Circulação para o Município, propondo normas e diretrizes de planejamento, implantação e operação do sistema viário, dos sistemas de transporte público, individual e coletivo, do estacionamento regulamentado rotativo pago, da circulação de pessoas e distribuição de bens e de pessoas, nos termos da Lei Orgânica do Município;

III – fiscalizar e acompanhar a implantação do Plano Diretor de Trânsito, Transporte e Circulação;

IV – emitir pareceres sobre as políticas de transportes e circulação no Município;

V – acompanhar a gestão dos serviços de transporte público municipal e do estacionamento regulamentado, auxiliando na avaliação de desempenho dos operadores do sistema bem como dos respectivos contratos de permissão para execução e exploração dos serviços, conforme determinações da legislação e regulamentos vigentes;

VI – acompanhar e fiscalizar regularmente a prestação dos serviços de transporte público coletivo e individual (táxi), em todas as suas modalidades;

VII – convocar representantes e técnicos do Departamento Municipal de Trânsito ou de qualquer órgão da Administração Municipal, quando julgar necessário, para discutir questões relativas ao transporte, à circulação e ao planejamento urbano, democratizando as decisões e as informações sobre as políticas públicas.

VIII – constituir grupos técnicos ou comissões especiais, temporárias ou permanentes, quando julgar necessário para o pleno desempenho de suas funções;

IX – elaborar o regimento interno do Conselho, estabelecendo as normas para o seu funcionamento e das suas comissões regionais.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.