Alunos reclamam e UENP tenta explicar

Alunos dos cursos de fisioterapia e educação física estão angustiados com a possibilidade das obras não ficarem prontas até o retorno das aulas presenciais, mas a reitoria firmou compromisso que até fevereiro a reforma estará finalizada

No dia 19 de agosto de 2020 a cidade de Jacarezinho foi destruída por fortes chuvas de granizo e vendaval. Entre os estragos decorrentes desse temporal, o Centro de Ciências da Saúde da UENP, foi extremamente afetado, conforme pode-se ver na foto abaixo.

O problema é que, hoje, mais de um ano após o ocorrido, a infraestrutura do centro de estudos ainda não foi reestabelecida. E a reforma vêm acontecendo em passos lentos.

Os alunos dos cursos de Fisioterapia e Educação Física sentem-se extremamente prejudicados. Por isso, procuraram o Npdiario, pois após vivenciarem cerca de dois anos de aulas remotas, a expectativa é que com a vacinação da população os cursos voltassem a serem presenciais no próximo ano. Entretanto, fica a questão: em qual prédio os alunos vão estudar?

Alguns alunos, inclusive dos anos iniciais, relataram suas frustrações:

“Está havendo um descaso total com a reforma, e as obras continuam paradas. A verba veio depois de muita pressão e após 8 meses de trabalho, a empreiteira finge que trabalha e a Reitoria finge que fiscaliza. A faculdade está uma terra sem dono! O prazo de entrega da obra era pra esse mês de outubro e olha a situação que o campus ainda se encontra! É deplorável, e após o período pandêmico e a vacinação de todos queremos voltar as nossas atividades presenciais com todo os cuidados e se continuar assim não poderemos pela obra não entregue!”. Nas palavras de A. J. aluna do primeiro ano do curso de Fisioterapia.

Angustiados, os alunos estão providenciando um abaixo-assinado para pressionar a reitoria e o Estado, para que seja efetuado a reconstrução da instituição.

Veja algumas das imagens encaminhadas pelos estudantes para o jornal:

O Npdiario procurou a reitoria da Universidade Estadual do Norte do Paraná para apurar os fatos.

Segue a nota de esclarecimento da reitoria que, de forma leviana, disse ter sido motivada por “rede social”:

Nota de Esclarecimento: Reforma do Centro de Ciências da Saúde da UENP

A Reitoria da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) e o Campus de Jacarezinho vem a público esclarecer os trâmites e processos relacionados às obras de recuperação, reconstrução e melhorias do Centro de Ciências da Saúde (CCS) da Instituição em Jacarezinho (antiga Faefija).

Em 19 de agosto de 2020, o prédio do CCS, localizado na parte alta da cidade de Jacarezinho, sofreu sérios danos estruturais por conta da tempestade que atingiu o munícipio. A partir de então, a Administração da Universidade tem atuado de maneira célere, buscando realizar todos os trâmites contratuais e técnicos sobre a construção para a recuperação necessária para que o retorno das aulas presenciais, previsto para fevereiro de 2022, se dê com as obras totalmente concluídas.

Importante destacar uma breve linha do tempo para se compreender as ações necessárias até o início da obra em 8 de março de 2021. Após a tempestade (em 19 de agosto de 2020), a Reitoria da UENP concentrou esforços para que no período de um mês pudesse elaborar um projeto de engenharia e arquitetônico para recuperação, reconstrução e melhorias no prédio afetado pela intempérie para que pudesse apresentar à Seguradora, que retornou o processo no final de novembro.

Após concluída essa etapa, a UENP tornou público Processo de Licitação para contratação da empresa para execução da obra. Por se tratar de obra pública, não há possibilidade de contratação direta, devendo a Instituição obedecer a todos os trâmites e prazos legais. Entre a conclusão da licitação, que ocorreu em 29 de dezembro de 2020, e início da obra foram necessários procedimentos visando o recebimento dos recursos por parte da Seguradora.

Iniciadas em 8 de março de 2021, as obras tinham previsão de término em 8 de outubro deste ano. O período, entretanto, foi prorrogado até dezembro pela equipe de engenharia e arquitetura da Universidade, considerando o tempo transcorrido para análises técnicas – de adaptação ao projeto de fundação, remoção de vegetação, análise de alterações de elementos construtivos, visando garantir maior celeridade – dentre outras, e análises contratuais com a empresa vencedora da licitação para aditivos e reequilíbrio econômico, este último, por conta da alta dos preços causados pela pandemia.

A Reitoria da UENP e o Campus de Jacarezinho reiteram o compromisso e o empenho com que têm atuado para a realização da recuperação e de melhorias no prédio do Centro de Ciências da Saúde do Campus de Jacarezinho, obedecendo a critérios técnicos para garantir que o recurso público seja investido com responsabilidade para que ocorrências semelhantes as causadas pelas intempéries do último ano não ocorram no futuro.

Veja imagens da “reforma”:

 

 

Você terminou a leitura
Compartilhar essa notícia
Escrever um comentário

Últimas notícias

Mãe e filho presos com crack e dinheiro
50 minutos atrás

Apreendidos também dinheiro e celulares A Polícia Militar de Jacarezinho realizou diligências na Rua Guaíra,

Preso acusado de assalto em Pinhal
1 hora atrás

Bandido assaltou padaria no mês passado Um homem de 25 anos foi preso  pela Polícia

Caminhões de lixo não foram furtados, garante advogada
3 horas atrás

Houve desacordo comercial entre outras duas empresas, segundo procuradora da terceirizada Exclusivo: A Polícia Rodoviária

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.