Alunos reclamam e UENP tenta explicar

Alunos dos cursos de fisioterapia e educação física estão angustiados com a possibilidade das obras não ficarem prontas até o retorno das aulas presenciais, mas a reitoria firmou compromisso que até fevereiro a reforma estará finalizada

No dia 19 de agosto de 2020 a cidade de Jacarezinho foi destruída por fortes chuvas de granizo e vendaval. Entre os estragos decorrentes desse temporal, o Centro de Ciências da Saúde da UENP, foi extremamente afetado, conforme pode-se ver na foto abaixo.

O problema é que, hoje, mais de um ano após o ocorrido, a infraestrutura do centro de estudos ainda não foi reestabelecida. E a reforma vêm acontecendo em passos lentos.

Os alunos dos cursos de Fisioterapia e Educação Física sentem-se extremamente prejudicados. Por isso, procuraram o Npdiario, pois após vivenciarem cerca de dois anos de aulas remotas, a expectativa é que com a vacinação da população os cursos voltassem a serem presenciais no próximo ano. Entretanto, fica a questão: em qual prédio os alunos vão estudar?

Alguns alunos, inclusive dos anos iniciais, relataram suas frustrações:

“Está havendo um descaso total com a reforma, e as obras continuam paradas. A verba veio depois de muita pressão e após 8 meses de trabalho, a empreiteira finge que trabalha e a Reitoria finge que fiscaliza. A faculdade está uma terra sem dono! O prazo de entrega da obra era pra esse mês de outubro e olha a situação que o campus ainda se encontra! É deplorável, e após o período pandêmico e a vacinação de todos queremos voltar as nossas atividades presenciais com todo os cuidados e se continuar assim não poderemos pela obra não entregue!”. Nas palavras de A. J. aluna do primeiro ano do curso de Fisioterapia.

Angustiados, os alunos estão providenciando um abaixo-assinado para pressionar a reitoria e o Estado, para que seja efetuado a reconstrução da instituição.

Veja algumas das imagens encaminhadas pelos estudantes para o jornal:

O Npdiario procurou a reitoria da Universidade Estadual do Norte do Paraná para apurar os fatos.

Segue a nota de esclarecimento da reitoria que, de forma leviana, disse ter sido motivada por “rede social”:

Nota de Esclarecimento: Reforma do Centro de Ciências da Saúde da UENP

A Reitoria da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) e o Campus de Jacarezinho vem a público esclarecer os trâmites e processos relacionados às obras de recuperação, reconstrução e melhorias do Centro de Ciências da Saúde (CCS) da Instituição em Jacarezinho (antiga Faefija).

Em 19 de agosto de 2020, o prédio do CCS, localizado na parte alta da cidade de Jacarezinho, sofreu sérios danos estruturais por conta da tempestade que atingiu o munícipio. A partir de então, a Administração da Universidade tem atuado de maneira célere, buscando realizar todos os trâmites contratuais e técnicos sobre a construção para a recuperação necessária para que o retorno das aulas presenciais, previsto para fevereiro de 2022, se dê com as obras totalmente concluídas.

Importante destacar uma breve linha do tempo para se compreender as ações necessárias até o início da obra em 8 de março de 2021. Após a tempestade (em 19 de agosto de 2020), a Reitoria da UENP concentrou esforços para que no período de um mês pudesse elaborar um projeto de engenharia e arquitetônico para recuperação, reconstrução e melhorias no prédio afetado pela intempérie para que pudesse apresentar à Seguradora, que retornou o processo no final de novembro.

Após concluída essa etapa, a UENP tornou público Processo de Licitação para contratação da empresa para execução da obra. Por se tratar de obra pública, não há possibilidade de contratação direta, devendo a Instituição obedecer a todos os trâmites e prazos legais. Entre a conclusão da licitação, que ocorreu em 29 de dezembro de 2020, e início da obra foram necessários procedimentos visando o recebimento dos recursos por parte da Seguradora.

Iniciadas em 8 de março de 2021, as obras tinham previsão de término em 8 de outubro deste ano. O período, entretanto, foi prorrogado até dezembro pela equipe de engenharia e arquitetura da Universidade, considerando o tempo transcorrido para análises técnicas – de adaptação ao projeto de fundação, remoção de vegetação, análise de alterações de elementos construtivos, visando garantir maior celeridade – dentre outras, e análises contratuais com a empresa vencedora da licitação para aditivos e reequilíbrio econômico, este último, por conta da alta dos preços causados pela pandemia.

A Reitoria da UENP e o Campus de Jacarezinho reiteram o compromisso e o empenho com que têm atuado para a realização da recuperação e de melhorias no prédio do Centro de Ciências da Saúde do Campus de Jacarezinho, obedecendo a critérios técnicos para garantir que o recurso público seja investido com responsabilidade para que ocorrências semelhantes as causadas pelas intempéries do último ano não ocorram no futuro.

Veja imagens da “reforma”:

 

 

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.