Alunos indígenas aprendem na “Língua Nativa”

Nos últimos cinco anos, a Secretaria de Estado da Educação diplomou mais de 200 novos professores indígenas, que atuam nas escolas situadas nas aldeias. Em 2011, havia 31 docentes indígenas na rede estadual de ensino. Hoje, são 232 profissionais que trabalham na educação infantil nas 37 escolas indígenas do Paraná, que atendem mais de cinco mil alunos.
A Escola Estadual Indígena Yvy Porã, situada na Terra Indígena Pinhalzinho, a 36 km de Tomazina e sete de Guapirama, faz parte do Núcleo Regional de Educação de Ibaiti. A aldeia possui uma população de 35 famílias indígenas da etnia Guarani somando um total de 176 pessoas entre crianças, adultos e idosos.
O trabalho dos professores indígenas, pertencentes às próprias etnias, traz vários benefícios aos estudantes e às comunidades guarani, caingangue e xetá que vivem no Paraná. Entre as principais contribuições estão a alfabetização nas línguas maternas e a preservação da cultura desses povos. “Trabalhamos para que os nossos estudantes indígenas tenham acesso a uma educação de qualidade, respeitando os aspectos singulares de cada comunidade e preservando a cultura das etnias”, disse a secretária da Educação, professora Ana Seres.
Essas conquistas só foram possíveis graças ao empenho do Governo do Estado, que entregou desde 2011, 13 novas escolas indígenas em diferentes regiões . Elas contam com material didático produzido pela Secretaria da Educação nas línguas guarani, caingangue e português para ajudar na alfabetização dos alunos, reforçar o uso das línguas maternas e manter viva a cultura linguista dentro dessas comunidades.
A cultura alimentar também recebe atenção especial do Governo do Paraná. As escolas indígenas são abastecidas com alimentos provenientes da agricultura familiar. Essa prática permite que as merendeiras, que são indígenas, acrescentem receitas próprias da etnia ao cardápio da merenda, o que torna a alimentação escolar mais próxima aos costumes das comunidades guarani, xetá e caingangue.

Escola Indigena em Tomazina. 01-04-14. Foto: Hedeson Alves
Escola Indigena em Tomazina. 01-04-14. Foto: Hedeson Alves
Você terminou a leitura
Compartilhar essa notícia
Escrever um comentário

Últimas notícias

Mantida prisão de réu que filmou crianças em situações eróticas
4 horas atrás

Imagens de conteúdo erótico com menores caracteriza estupro Em julgamento de recurso da defesa, o

Jacarezinho 22 e Santo Antônio 17
4 horas atrás

As duas cidades juntas têm 125 pacientes infectados O boletim epidemiológico de Jacarezinho desta segunda-feira, dia

Motorista capota Corsa em Carlópolis
8 horas atrás

PRE de Siqueira Campos atendeu sinistro Neste domingo (03), por volta das 15 horas, ocorreu

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.