PR-092:Liberado tráfego nos dois sentidos

O tráfego foi liberado nos dois sentidos da PR-092, na altura do km 251, em Wenceslau Braz. As equipes contratas pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) finalizaram a obra emergencial de reconstrução do aterro e de parte da rodovia, que desmoronaram por causa das fortes chuvas do início do ano na região.
A sinalização horizontal foi concluída nesta terça-feira (18) com a pintura das faixas na rodovia. A pista segue com cones de sinalização porque trabalhadores finalizam a parte de paisagismo e serviços de drenagem.
O Governo do Paraná investiu cerca de R$ 9 milhões na obra, que reconstruiu todo o aterro e o asfalto da rodovia. Foi erguida uma parede que atinge 17,5 metros de altura na parte mais elevada. O muro construído tem 140 metros de extensão.Além do aterro, toda uma nova drenagem foi construída no local para não haver problemas com deslizamentos.
A PR-092 é uma das principais ligações com o Norte Pioneiro do Paraná e com o estado de São Paulo. Toda a produção agrícola e industrial da região é escoada pela rodovia. Além disso, a obra de recuperação também beneficia diretamente mais de 100 mil moradores das cidades próximas a Wenceslau Braz.
SOLUÇÃO DEFINITIVA – Do lado direito da rodovia, sentido Ponta Grossa-Wenceslau Braz, foi construído um muro em curva para conter a erosão acima da rodovia. Já as obras de drenagem envolveram a construção de um bueiro tubular de concreto, com 1,20 metro de diâmetro e 100 metros de extensão, que ficou perpendicular à rodovia. Também foram construídos degraus e uma escada dissipadora de energia, para amenizar a força da água. Essa solução vai suportar as águas pluviais dos bairros que antes caiam na rodovia.
“Executamos esta obra de recomposição do aterro com muito cuidado para que o problema seja solucionado de forma definitiva”, afirmou o diretor-geral do DER, Nelson Leal Junior. A solução adotada vai aumentar a plataforma do aterro em mais 15 metros do lado esquerdo da estrada. Isso permitirá que a rodovia possa ser duplicada no futuro.

Você terminou a leitura, navegue pelas nossas notícias a seguir

Categorias e tags

Compartilhar essa notícia

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Share on email
Share on whatsapp

Siga-nos

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.