Obras públicas vão retomar economia do Paraná, diz Romanelli

Investimento de mais de dois bilhões de reais em infraestrutura

O deputado Luiz Cláudio Romanelli (PSB) destacou nesta segunda-feira, 4, o esforço do Governo do Estado e da Assembleia Legislativa em reforçar os convênios com os municípios que resultam no investimento de mais de R$ 2 bilhões em obras de infraestrutura, mobilidade urbana, saúde, educação, habitação, meio ambiente, entre outras.

“Em todo o Paraná, o governo realiza obras de infraestrutura, preparando os municípios para a retomada da economia.Com o apoio dos deputados, o Paraná segue em frente, fortalecendo todas as regiões e garantindo os investimentos necessários para que possamos superar esse momento difícil para o Estado e o País”, diz Romanelli.

Através da Fomento Paraná, adianta o parlamentar, várias obras estão em andamento, que melhoram a infraestrutura urbana e mostram que o Estado está se antecipando, para retomar com celeridade a economia. “Há uma crescente recuperação das vagas de emprego, por meio do incentivo a pequenas e microempresas em todas as regiões do Paraná”.

Desenvolvimento Segundo ele, são ações que integram as políticas públicas voltadas ao desenvolvimento regional. “Pelo Sistema de Financiamento aos Municípios, por exemplo, as cidades receberam R$ 44,4 milhões em grandes obras, que vão desde a melhoria de aeroporto e terminal rodoviário a centenas de quilômetros de estradas pavimentadas”, confirma.

Romanelli afirma ainda que não há distinção entre os municípios e que todos, igualmente, recebem investimentos, independente da região ou da sigla partidária do prefeito.

O conjunto de obras atende ainda a Agenda 2030, da ONU (Organização das Nações Unidas), que aponta para uma série de diretrizes para um novo ciclo virtuoso nos países. “O Paraná tem feito o dever de casa”, resume.

Em todo o Estado, são 500 projetos, entre obras civis e pavimentação de vias urbanas, atendendo 240 cidades com ações financiadas por meio do SFM (Sistema de Financiamento aos Municípios). São R$ 265,5 milhões em recursos novos para atender 109 financiamentos de obras para 90 municípios, além de outros R$ 150 milhões em recursos que deixaram de ser pagos em 2020 para permitir que os recursos fossem direcionados a ações de prevenção sanitária, contra a covid-19.

As cidades receberam R$ 44,4 milhões em grandes obras, que vão desde a melhoria de terminal rodoviário a centenas de quilômetros de estradas pavimentadas

Romanelli informa ainda que o SFM é um sistema único no Brasil, que não apenas leva recursos para o desenvolvimento e infraestrutura urbana de qualidade, como também promove o desenvolvimento regional e local. “Tanto a região metropolitana de Curitiba quanto todas as 19 microrregiões do Estado têm recursos do SFM, que atendem aos planos diretores e ao desenvolvimento estratégico dos municípios, considerando a potencialidade local e outras vocações que integram as cadeias produtivas do Paraná”, disse

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.