Norte Pioneiro tem 20 cidades no novo Mapa do Turismo Brasileiro

Medida é reflexo dos avanços do Estado juntamente com a ALEP

O Ministério do Turismo incluiu 20 de 44 municípios do Norte Pioneiro no novo Mapa do Turismo Brasileiro. O deputado Luiz Claudio Romanelli  (foto com o prefeito carlopolitano Hiroshi Kubo) disse nesta terça-feira, 5, que a inclusão das cidades do estudo aponta os avanços dos investimentos do Estado em parceria com a Assembleia Legislativa (ALEP).

O Mapa reúne as ações adotadas nos municípios para alavancar o turismo. “É uma ferramenta que pode ser utilizada como estratégia de desenvolvimento do turismo, que serve para identificar necessidades de investimentos e de ações para a promoção do setor em cada cidade da região”, disse o deputado.

Com os dados inseridos no Mapa, acrescenta o parlamentar, os municípios ficam aptos à captação de recursos do governo federal, que podem ser investidos na capacitação dos profissionais do setor, na estruturação e na divulgação dos destinos turísticos do Norte Pioneiro. “Trata-se de um instrumento que reúne as estratégias de desenvolvimento adotadas nos municípios e identifica necessidades de investimentos e de ações para promoção do setor”.

Mapa do Turismo — O estudo, divulgado pelo Ministério do Turismo no final do mês de março, inclui municípios com real vocação turística ou impactados pelo setor de viagem.

A proposta é usar os dados constantes no Mapa para nortear a definição de políticas públicas, incluindo a destinação de recursos do Ministério do Turismo para obras de infraestrutura e oferta de cursos de qualificação profissional, por exemplo.

Os municípios do país são classificados de A a E no Mapa do Turismo. Essa categorização leva em conta o desempenho da economia no turismo, a partir de algumas variáveis. Entre elas estão a quantidade de estabelecimentos de hospedagens e de empregos, a estimativa de visitantes domésticos e internacionais e a arrecadação de impostos federais nos meios de hospedagens.

Das 20 cidades do Norte Pioneiro elencados no Mapa, apenas Cambará e Santo Antônio da Platina estão classificados na categoria C. Nova Santa Bárbara e Santa Amélia estão na categoria E.

Os demais municípios, incluídos na categoria D, são Andirá, Bandeirantes, Carlópolis, Ibaiti, Itambaracá, Joaquim Távora, Ribeirão Claro, Santa Mariana, Siqueira Campos, Tomazina, Assaí, Figueira, Primeiro de Maio, São Jerônimo da Serra, Sapopema e Sertaneja.

Você terminou a leitura
Compartilhar essa notícia
Escrever um comentário

Últimas notícias

JEPs: Novas etapas em Wenceslau Braz e Pinhal começam hoje
5 horas atrás

Competições reúnem 17.751 inscritos, entre alunos e professores, de 183 municípios paranaenses Começa nesta quinta-feira

PRE e SEST/SENAT fazem Bliz Educativa
6 horas atrás

Ação da PRE e do SEST/SENAT Nesta quarta-feira, dia 25, a Unidade Operacional da PRE

Liminar reaviva a polêmica sobre o presídio em Pinhal
7 horas atrás

Decisão provisória do TJ suspendeu possível obra A polêmica prossegue. Agora, o Tribunal de Justiça

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.