Santo Antônio tem R$ 12,5 milhões para obras

Obras estruturantes e de alto relevo social iniciarão ainda este ano

Exclusivo: Importante encontro na tarde desta terça-feira, dia 22, na sede da Seil (Secretaria de Infraestrutura e Logística) na avenida Iguaçu, bairro Rebouças, em Curitiba.  Reuniu o deputado federal licenciado e secretário Sandro Alex, o  Primeiro secretário da Assembleia Legislativa, Luiz Cláudio Romanelli, o prefeito platinense Professor Zezão, e os secretários municipais de Gabinete, Ditinho Miranda, e de Indústria e Comércio (e agora interinamente também Planejamento), Alexandre Levatti.
Os objetivos principais foram conquistados: A reforma, drenagem, revitalização e modernização das avenidas Oliveira Motta e Palma Rennó, da infraestrutura e asfalto do bairro Alvorada e da retomada do ritmo normal das obras do bairro Aparecidinho lll.
O chefe do executivo de Santo Antônio da Platina, José da Silva Coelho Neto, e os demais trataram do projeto para obra das avenidas (que possuem o mesmo trajeto e só mudam de nomes) que custará R$ 7,89 milhões, tendo sidos  acordados R$ 7 milhões do governo estadual e o restante recursos próprios da prefeitura.
Os R$ 4,5 milhões destinados a pavimentar vias do bairro Parque Alvorada (reivindicação há muitos anos aguardada) e Vila Galvão terão quase R$ 1 milhão dos cofres platinenses(R$ 982.321,58).
Na Galvão, dinheiro será utilizado em quatro vias urbanas , com serviços de terraplenagem, base e sub-base, revestimento, meio-fio e sarjeta, paisagismo e urbanismo, sinalização de trânsito, drenagem, ensaios tecnológicos e placas de comunicação visual.
As vias contempladas serão: rua Hercílio Custodio (entre a rua Luís Franciscon e a rua Ana Maria da Silva), rua José Gonçalves da Silva (entre a rua Edgard Vieira de Azevedo Filho e a rua Ana Maria da Silva), rua Edgar Vieira de Azevedo (entre a rua Hercílio Custódio e a rua José Gonçalves da Silva) e a rua Ana Maria da Silva (entre a rua Hercílio Custódio e a rua José Gonçalves da Silva).
Os convênios, incluindo os com a Sedu  (Secretaria de Desenvolvimento Urbano  e Obras Públicas) deverão ser assinados já em abril e o começo das obras ainda em 2022, de acordo com o que a reportagem apurou.
“Quando assumimos , tínhamos 19 bairros sem asfalto. Hoje, já começamos obras de pavimentação em 14 deles; vamos cuidar e enfeitar mais agora a sala da nossa casa, o centro”, explicou o prefeito, bem humorado e feliz com todo o suporte do governo de Carlos Massa Ratinho Junior e dos deputados que apoiam a Cidade Joia.
Você terminou a leitura
Compartilhar essa notícia
Escrever um comentário

Últimas notícias

JEPs: Novas etapas em Wenceslau Braz e Pinhal começam hoje
5 horas atrás

Competições reúnem 17.751 inscritos, entre alunos e professores, de 183 municípios paranaenses Começa nesta quinta-feira

PRE e SEST/SENAT fazem Bliz Educativa
6 horas atrás

Ação da PRE e do SEST/SENAT Nesta quarta-feira, dia 25, a Unidade Operacional da PRE

Liminar reaviva a polêmica sobre o presídio em Pinhal
7 horas atrás

Decisão provisória do TJ suspendeu possível obra A polêmica prossegue. Agora, o Tribunal de Justiça

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.