Compra Direta atende 45 cidades do Norte Pioneiro

Também são atendidos pessoas atendidas pelos Cras  e Creas

O deputado Luiz Cláudio Romanelli (PSB) confirmou nesta sexta-feira, 28, que 13 associações da agricultura familiar e pequenas cooperativas estão habilitadas no programa Compra Direta. Em todo o Paraná serão investidos R$ 27 milhões na compra de alimentos produzidos ou processados por agricultores familiares. As entidades têm até terça-feira, 1º de junho, para apresentar pedido de revisão do resultado, caso necessário.

No Norte Pioneiro, o programa vai atender 118 entidades de 45 cidades da região. “O Compra Direta é a garantia de produtos de qualidade na mesa do paranaense. Além de oferecer alimentos direto do produtor, o programa aquece a economia, com a injeção de R$ 27 milhões para o fortalecimento da agricultura familiar”, disse o deputado.

Romanelli lembra que a Assembleia Legislativa transformou o Compra Direta em política pública no mês de abril deste ano. Os recursos do programa são do Fundo Estadual de Combate à Pobreza. Pequenas cooperativas e associações de produtores são as principais beneficiadas, com a aquisição dos alimentos, que atendem restaurantes populares, cozinhas comunitárias, hospitais públicos e filantrópicos, asilos e casas de passagem.

Também são atendidos pessoas atendidas pelos Cras (Centros de Referência em Assistência Social) e Creas (Centros de Referência Especializados de Assistência Social). Em todo o Paraná, a estimativa é de que sejam atendidas 1.100 entidades.

Cidades
No Norte Pioneiro, as cooperativas ou associações de produtores que vão atender 43 municípios da região estão localizadas em Jacarezinho, Ribeirão Claro, Siqueira Campos, Japira, Santo Antônio da Platina, Ibaiti, Pinhalão, Wenceslau Braz, Sertaneja, Nova Santa Bárbara, São Jerônimo da Serra, Bandeirantes e Rancho Alegre.

No Noroeste do Paraná, a Aprosales (Associação dos Produtores Rurais de Moreira Sales) também foi habilitada e vai atender a entidades de assistência social da região. A expectativa é que o fornecimento dos alimentos comece a ser efetivado ainda em junho.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.