Catadores de recicláveis se associam em Ribeirão do Pinhal

Atividade profissional é reconhecida pelo Ministérios do Trabalho desde 2002

As primeiras providências para criação da associação dos catadores de materiais reciclados foram dadas  em recente reunião com trabalhadores que já atuam na coleta de material reciclado e interessados em aderir à atividade.
O objetivo é fomentar a atividade na cidade incentivando a separação de material reciclável, buscando o bem comum para livrar o meio ambiente de materiais poluentes, ao mesmo tempo, que visa melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores responsáveis pela coleta seletiva no município.
De acordo com o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Alcídio Balduíno de Souza Jr (o Tuco), a gestão de resíduos é um grande desafio para o município. “A falta de uma coleta seletiva mais eficiente reduz e muito a vida útil do aterro sanitário, por isso é importante promover alternativas que contribuam para reduzir o descarte de materiais que podem ser reaproveitados”.

Os catadores de matérias reutilizáveis e recicláveis desempenham papel fundamental, com destaque para a gestão integrada dos resíduos sólidos. De modo geral, atuam nas atividades da coleta seletiva, triagem, classificação, processamento e comercialização dos resíduos reutilizáveis e recicláveis, contribuindo de forma significativa para a cadeia produtiva da reciclagem.

A falta de uma coleta seletiva mais eficiente reduz a vida útil do aterro sanitário, por isso é importante promover alternativas que contribuam para reduzir o descarte de materiais que podem ser reaproveitados”

Sua atuação, em muitos casos realizada sob condições precárias de trabalho, se dá individualmente, de forma autônoma e dispersa nas ruas e em lixões, como também, coletivamente, por meio da organização produtiva em cooperativas e associações.

A atuação dos catadores de materiais reutilizáveis e recicláveis, cuja atividade profissional é reconhecida pelo Ministérios do Trabalho e Emprego desde 2002.O prefeito Wagner Martins (PSD) acredita que depois de finalizada a documentação do caminhão para coleta seletiva é o momento dar continuidade nesse projeto e ajudar os catadores no que for necessário. “O caminhão vai ajudar bastante porque acaba com o trabalho manual de recolher os materiais nas ruas e agora vamos auxiliá-los com a parte burocrática da formação da associação, providenciar um espaço onde os associados possam trabalhar, além de continuar buscando recursos para compra de equipamentos próprios para as atividades deles”, assegurou o chefe do executivo.


A vereadora do município de Abatiá, Sirleia Reginaldo , que acompanhou desde o início a associação de Abatiá, esteve nessa reunião e considera que a associação de Ribeirão do Pinhal começa com muitos pontos positivos. “Aqui vocês já vão ter um caminhão novo para fazer a coleta e o apoio da prefeitura para começar a associação e isso não tivemos em Abatiá, estamos há muito tempo batalhando sozinhos. Vocês devem aproveitar essa chance e trabalhar unidos para realmente dar certo”, ressaltou.
Escolhida pelos futuros associados da Recicla Pinhal como presidente da associação a catadora, Luzia Aparecida Martins Farias, comemora esse importante passo. “Criar essa associação é um sonho antigo. A um tempo atrás o pessoal tentou, mas não deu certo porque não tivemos apoio, agora vamos aproveitar essa chance e lutar para ser diferente”. Luzia falou também dos benefícios de acredita virão com a associação.

“Catar os reciclados nas ruas é muito difícil porque estamos sozinhos, já a associação vai ajudar na venda e para melhorar as condições do nosso trabalho”.
A diretoria da associação ainda terá Clóvis Damasceno como vice-presidente, Sueli Aparecida Bonifácio de Almeida como primeira tesoureira, Ezequiel dos Santos como segundo tesoureiro, Marta Aparecida da Silva como primeira secretária e Florisvaldo Percival da Silva como sendo secretário. Os demais associados representaram os fiscais com o compromisso de fiscalizar o desenvolvimento das atividades, mas também de ajudar no que for necessário.

Você terminou a leitura, navegue pelas nossas notícias a seguir

Categorias e tags

Compartilhar essa notícia

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Share on email
Share on whatsapp

Siga-nos

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.