Anibelli Neto lamenta omissão de senadores

Na luta dos produtores rurais pelo Marco Legal da Energia

O Presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Social da Assembleia Legislativa, e presidente do MDB paranaense, o deputado Anibelli Neto (foto) lamentou que os agricultores paranaenses tiveram que apelar a um senador do Rondônia, para defender seus interesses na Comissão de Agricultura do Senado.

Segundo Anibelli Neto, apesar de o Paraná, como os demais Estados, ter 3 senadores (Alvaro Dias, Oriovisto Guimarães e Flávio Arns, todos do Podemos), foi preciso apelar a um senador de um Estado distante – Rondônia – para assumir a briga de produtores paranaenses em defesa do Projeto de Lei 5.829/19 que estabelece o marco legal da geração de energia, para que possam investir em energia alternativa, especialmente solar e bioenergia.

O apelo foi feito ao senador Acir Gurgacz, do PTB de Rondônia, que leu o documento da Faep na Comissão de Agricultura, que pede a aprovação do projeto. O apelo é para que o Senado aprove com urgência o projeto que institui o marco legal da geração e de minigeração e distribuição.

Se for aprovado, o marco legal da geração de energia vai – segundo os produtores afirmam no documento – dar oportunidade a uma nova fonte de renda através da rede distribuidora, além de concorrer para minorar a crise energética que vive o Pais.

O documento, assinado pelo presidente da Faep, Ágide Meneguette, pede o apoio da Comissão de Agricultura para que o projeto de lei vá a plenário o mais rápido possível.

Segundo o senador Acir Gurgacz, o projeto é da maior importância ainda mais neste momento de crise hídrica. O senador de Roindônia assumiu pessoalmente o compromisso de pedir o apoio do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, para que o projeto seja aprovado o mais breve possível.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Categorias e tags

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.