Sarau Cultural mobiliza artistas contra intolerância

A integração de artistas locais e da região está se preparando para encantar a população de Andirá e proporcionar atrativo cultural. O Sarau Cultural, que acontecerá no próximo dia 21, a partir das 13 horas, na Praça Sant´Anna, é mais uma atividade da Coordenadoria Municipal de Juventude, em parceria com a secretaria de Comunicação Social e o Departamento Municipal de Cultura. Nesta segunda-feira, dia quatro, uma reunião pautou o planejamento e contou com a presença do Coordenador de Juventude, Ricardo Simoni Junior; o Secretário de Comunicação, Tiago Dedoné; a Diretora de Cultura, Sônia Endo e professora de dança, Brenda Micaela.
“Nossa meta é tomar toda a praça. Deixar o espaço todo, para todas as expressões artísticas da juventude, simultaneamente. Nós precisamos muito de cultura, pra expressar nossas indagações, sentimentos. A oportunidade é importante para os movimentos jovens de Andirá”
Na pauta, os atrativos que estarão abrilhantando o evento cultural. Várias apresentações de danças clássicas e contemporâneas estarão acontecendo. De acordo com a coreógrafa Brenda, um dos pontos fortes da apresentação será as manifestações contra os preconceitos e intolerâncias, principalmente raciais. Haverá também teatro de rua, apresentações do grupo de capoeira, do Hip Hop, pinturas ao ar livre e grafitagem; declamações de poesias e poemas, Stand Up, grupos musicais Gospel, MPB e Sertanejo. Também haverá espaço para as apresentações de grupos skatistas.
“Nossa meta é tomar toda a praça. Deixar o espaço todo, para todas as expressões artísticas da juventude, simultaneamente. Nós precisamos muito de cultura, pra expressar nossas indagações, sentimentos. A oportunidade é importante para os movimentos jovens de Andirá”, destacou o Secretário de Comunicação.
Com o tema “Sarau Cultural: A Força da Arte na luta contra a intolerância e o preconceito”, o projeto tem como missão mostrar o quão rico é a comunidade de Andirá, na sua multiplicidade de expressões e movimentos jovens e culturais. Até mesmo grupos com exposições de artesanatos estarão na festa cultural que promete marcar pela diversidade. “A ideia não é só ter atrativos de artes, mas durante cada apresentação, expor dados estatísticos sobre a situação da juventude no Brasil, no Paraná e em Andirá, como forma de levar informações de jovem pra jovem, mostrando a realidade , os enfrentamentos, desafios, as lutas e conquistas”, declarou Dedoné.
No mês de março a Coordenadoria de Juventude promoveu um evento de Hip Hop, também na Praça Central, reunindo artistas de Andirá e de diversas outras cidades, que vieram mostrar a força do movimento na região.  O departamento de políticas de juventude foi criado no final do ano passado, depois do Fórum Municipal de Juventude, que reuniu todos os setores jovens da cidade e delimitaram, juntos, uma agenda positiva de política pública para o setor. Em deembro, a Coordenadoria foi institucionalizada e, neste mês de março, a Câmara de Vereadores aprovou a criação do Conselho Municipal, que dará suporte as articulações das PPJs.

 

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Categorias e tags

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.