PR/SP querem Angra Doce em destino de Pesca Esportiva

Em pauta ações da Pesca Esportiva via Secretaria Nacional da Pesca e a construção do Pacto Integrado de Desenvolvimento

A cidade de Fartura no estado de São Paulo foi escolhida para sediar a recente reunião oficial da Governança do Angra Doce Federal que aconteceu às margens da Represa de Chavantes, no Camping Guiomarana. O primeiro evento aconteceu em Agosto na cidade de Carlópolis , no Norte Pioneiro.

Veja link da matéria aqui: https://www.npdiario.com.br/cidades/portaria-consolida-projeto-angra-doce-no-np/

O encontro teve como objetivo principal o fortalecimento da 1ª Área Especial de Interesse Turístico Federal, a formalização desta Governança e discutir os assuntos pertinentes aos municípios lindeiros à represa Xavantes.

 

A Área Especial de Interesse Turístico Federal Angra Doce é formada por 15 municípios, sendo 10 paulistas e 5 paranaenses, todos no entorno do reservatório de Chavantes que tem 400 quilômetros quadrados de extensão com mais de 9 bilhões de metros cúbicos de água, formado pelos rios Paranapanema e Itararé. Lideranças do estado de São Paulo e do Paraná estiveram presentes no encontro que foi o primeiro oficialmente em terras paulistas.

Na reunião foi discutido o Pacto Integrado de Desenvolvimento que visa o comum acordo entre os municípios para que haja um direcionamento para o desenvolvimento estratégico do reservatório, da Área Especial de Interesse Turístico, como já acontece na primeira ação integrada com a secretaria nacional da pesca para poder trabalhar essa questão da pesca esportiva dentro do reservatório como um todo.

A entrega do “Selo de Qualidade do Turismo” a 17 empresas farturenses também aconteceu durante o evento em Fartura. Para o coordenador de Turismo de Fartura, André Bertoni, o “prêmio” representa qualidade máxima dos serviços e produtos farturenses.

Para o prefeito de Fartura, Luciano Filé, a união é de extrema importância para o desenvolvimento do turismo regional, assim como o turismo é importante para geração de emprego e renda. “Graças a Deus começamos a enxergar uma luz no fim do túnel e a pensar no fim da pandemia e no retorno do Turismo. Temos grande esperança que a recuperação será rápida nesta área”, disse.

Durante a reunião ainda aconteceu a exposição do Artesanato de Fartura e a participação do Grupo de Viola Caipira. “Foi um encontro muito positivo, nossa região é propícia para a prática de vários esportes, passeios náuticos e pesca esportiva. Estamos confiantes que o Angra Doce ajude no desenvolvimento destas áreas”, cita o prefeito Luciano Filé.

O consulto João Gouveia Cézar do Coletivo Pratique Turismo Regional destacou o protagonismo do Angra Doce por ser a 1ª Área Especial de Interesse Turístico Federal. “Esse é um marco. Demos o segundo passo que é este encontro, que visa promover essa interação entre os 15 municípios. Tivemos a presença de empresários de diversos setores, muitas lideranças regionais dos dois estados e já está começando a ter um ritmo de governança e os municípios cada vez mais estão comprometidos em construir um direcionamento através de um pacto mútuo e de cooperação entre eles para que possamos efetivamente iniciar o planejamento de trabalho”, frisou.

Atualmente a região do Norte Pioneiro é integrada por 16 municípios que estão inseridos no Mapa do Turismo Nacional do Ministério do Turismo: Andirá, Bandeirantes, Cambará, Carlópolis, Cornélio Procópio, Ibaiti, Itambaracá, Jacarezinho, Joaquim Távora, Ribeirão Claro, Ribeirão do Pinhal, Santa Mariana, Santo Antônio da Platina, Siqueira Campos, Tomazina e Wenceslau Braz.

 

 

 

 

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.