Norte-pioneirense escreve obra sobre fim do papel-moeda

Ele nasceu em Ribeirão do Pinhal há 73 anos 

Desfrutando de ótima saúde e sentindo-se realizado tanto pessoal como profissionalmente, Antônio Guilherme da Silva (fotos com a esposa, Élcia, na residência do casal em Santo Antônio da Platina) decidiu oferecer aos 73 anos uma contribuição ao Brasil. Desgostoso com os rumos que o País tomou nos últimos anos, tomou a iniciativa de elaborar uma ideia direcionada à eliminação (ou, ao menos, à expressiva redução) da corrupção que se alastrou por todos os segmentos públicos e privados brasileiros. Os dois receberam o npdiario para comentar o livro que será lançado assim que terminar a pandemia no país.
Com determinação, entrou em contato com as autoridades brasileiras para compartilhar a sua ideia. Obteve, como resposta, um elogio à sua atitude cívica. Mas, percebeu que sua sugestão não avançaria pelos meandros do poder público federal.
Diante disso,  resolveu publicar um livro para deixar registrada a sua proposta. Essa obra faz um resumo da sua história pessoal, detalha a sua ideia original e atualiza o debate sobre a eliminação do dinheiro vivo, tanto no Brasil como no exterior.

Toninho, como é conhecido, fez carreira profissional no Banco Itaú iniciando em Novo Hamburgo (RS) e, ao deixar a empresa, abriu e comandou seu próprio negócio durante 25 anos. Essa obra é seu legado para a atual e futuras gerações, especialmente netos, para os quais espera que o Brasil venha a ser um lugar mais agradável e justo no futuro próximo.

Ele e sua mulher são católicos, possuem imagens de santos na residência, como uma escultura em pau-brasil de Santo Expedito. Seu Antônio, que trocou comentários por carta com o ex-ministro Sérgio Moro(essa passagem é citada na obra) perdeu a mãe (dona de casa) aos três anos e o pai (agricultor) aos 14.
Companheiros há 55 anos. Élcia é irmã de Ivonete, casada com o médico platinense Orlando Pinheiro Ferraz Filho.

Os dois moram em São Paulo e estão desde março em Santo Antônio da Platina por integrarem o grupo de risco de contrair a Covid-19. Os netos e os três filhos Gustavo, Pauline e Fausto, também residem na capital paulista.
O escritor tem consciência da difícil aplicabilidade de sua sugestão e também descobriu que há projetos de lei tramitando no Congresso Nacional, inclusive um de deputado do PT mineiro, que já passou pela CCJ(Comissão de Constituição e Justiça), mas não foi colocada em votação no plenário.
Disse existir ideia igual em países escandinavos, Estados Unidos e China. Em especial, na Suécia, o dinheiro em papel quase não circula mais.

O jornalista paulista Newton Santos ajudou na pesquisa, feitura, estruturação e edição do livro.
Na obra, o norte-pioneirense conjectura as possíveis consequências do fim do dinheiro em papel-moeda e menciona que o tráfico de armas e drogas seria prejudicado; os roubos e furtos tenderiam a serem reduzidos, além de não haver mais necessidade de transporte e armazenamento de grandes volumes de cédulas.

A inspiração surgiu na imensidão da selva amazônica, nos intervalos entre a pesca, o silêncio, o canto e o barulho dos habitantes da mata (pássaros, animais, bichos, grilos e cigarras, entre outros), conjugando tudo isso com os depoimentos dos ribeirinhos sobre seus trabalhos e suas formas de sobrevivência. Eles não estão preocupados, nem tampouco envolvidos, com corrupção, falcatruas e centenas de outros atributos pejorativos que se multiplicam nas cidades, entre políticos e instituições que deveriam zelar pelo povo.

Toninho aguarda o momento ideal de lançar sua obra, mas não parece ansioso, sabe que o tempo tem lhe sido generoso, assim como sua fé em Deus, o trabalho e a honestidade formam um painel onde estão as maiores e mais valiosas heranças para seus descendentes, amigos e a sociedade em geral.

 

Você terminou a leitura, navegue pelas nossas notícias a seguir

Categorias e tags

Compartilhar essa notícia

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Share on email
Share on whatsapp

Siga-nos

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.