Trabalhadores sem terra invadem fazenda

Cerca de 30 famílias ligadas ao Movimento dos Agricultores Sem-Terra (Mast) invadiram, na madrugada deste sábado,dia 23, a Fazenda Monte Verde, em Jundiaí do Sul, no Norte Pioneiro. Esta foi a terceira invasão à propriedade pelo mesmo grupo em 15 anos.
No acampamento improvisado há carência de tudo.
O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra)já considerou a área improdutiva, mas os proprietários da área têm dívidas com o Banco do Brasil, o que impede negociações, e também questões tributárias pendentes.
Além disso, a área não pode ser desapropriada porque cerca de 30% dela é coberta por mata nativa,objeto de pesquisa científica por órgãos públicos.
Nas outras duas ocasiões, as reintegrações de posse ocorreram de maneira pacífica.
Ainda não há pedidos para presença da Polícia Militar e nem ordem judicial para desocupação da área de 1.369 hectares,que possui documento impedindo de ser desmembrada para fins de desapropriação.
São 380 alqueires livres e 270 alqueires de mata.A fazenda tem valor avaliado em R$ 20 milhões.
A primeira invasão foi em 2000 quando era prefeito Valter Abras(PSDB) e a última em 2006, quando o chefe do executivo era Joel Rauber(PMDB).
O município tem 3.500 habitantes.

st

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Categorias e tags

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.