Procura-se homem que causou morte de bebê

Polícia Civil divulga foto do suspeito da prática do crime de lesão corporal gravíssima que resultou em aborto

 

 

No dia 23 de outubro de 2021, conforme apurado na investigação, o suspeito chegou em sua residência embriagado e agrediu a companheira com socos e chutes na barriga. A vítima, uma mulher de 33 anos, estava grávida de sete meses e em decorrência da brutal violência teve que buscar socorro no hospital, porém acabou abortando.

O caso já foi encerrado e o delegado indiciou o suspeito pela prática do crime de lesão corporal gravíssima pelo resultado aborto (artigo 129, §2º, inciso V, do Código Penal – pena de reclusão de 02 a 08 anos), bem como representou pela prisão preventiva do suspeito, sendo que até o momento este não foi localizado.

Como o pretenso misógino é considerado foragido, seu nome e imagem estão sendo divulgados neste momento para localização do seu paradeiro e em conformidade com os termos da Lei de Abuso de Autoridade. O nome do suspeito é Claudair José Proença, o qual possui 35 anos e é natural de Santo Antônio da Platina.

Quaisquer informações ligar para Delegacia (43) 3534-8909, Polícia Militar (190) ou mensagens pelas redes sociais da Delegacia de Santo Antônio da Platina.

 

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.