Criminoso de Guapirama ligava por rede social para platinenses e se masturbava

Ele confessou que usava droga e bebia enquanto assediava vítimas     

Na tarde desta quinta-feira, equipe da Polícia Civil composta pelo delegado Rafael Guimarães e investigadores deram cumprimento a mandado de busca e apreensão em Guapirama, em razão de investigação envolvendo a prática do crime de importunação sexual por morador local contra mulheres de Santo Antônio da Platina.

Segundo o relato de duas vítimas platinenses, em janeiro deste ano um indivíduo começou a fazer diversas ligações por vídeo por meio do aplicativo Messenger do Facebook e quando as vítimas atendiam o doente começava a gemer e se masturbar.

Após diligências investigativas, foi identificado e o delegado representou pela busca e apreensão domiciliar, tendo parecer favorável pelo Ministério Público e autorizada pelo juízo da Vara Criminal de Santo Antônio da Platina.

No local do cumprimento da busca, os policiais civis apreenderam o celular e também 18 gramas de maconha.

 

Nenhuma descrição disponível.

 

O indivíduo, de 21 anos, foi interrogado e confessou ter se masturbado nas ligações de vídeo, porém alegou que eram as vítimas que ligaram fazendo xingamentos e por isso praticou o ato libidinoso, bem como alegou que a droga apreendida é para consumo próprio e no dias dos fatos teria ingerido bebida alcoólica e fumado a erva.

Informalmente outras vítimas também procuraram a delegacia, mas ficaram com receio de se expor e não formalizaram registro de ocorrência.

O delegado indiciou o suspeito pela prática do crime de importunação sexual, previsto no artigo 215-A do Código Penal, cuja pena é de reclusão de 01 a 05 anos.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.