Atletas e entidades esportivas fazem campanha por doação de sangue

Envolve Furacão, Coxa e Paraná Clube

Foi lançada , em Curitiba, a campanha “Doe Sangue pelo Esporte”, de incentivo ao cadastro de medula óssea e de conscientização sobre a importância da doação de sangue. A mobilização envolve o Governo do Paraná, a Prefeitura de Curitiba, clubes de futebol da capital, clubes de serviço, exército, atletas e uma série de entidades ligadas ao desporto.

O objetivo é chamar a atenção das pessoas utilizando o esporte como instrumento para sensibilizar novos doadores, sobretudo neste período do ano em que o volume de captações cai, por conta do frio. Durante todo o mês de junho, uma série de atividades serão realizadas em vários bairros da capital para tratar sobre o tema.

SOLIDARIEDADE – De acordo com o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, quando se fala em doação de sangue, toda a ajuda é bem-vinda. “O curitibano é um povo solidário e sempre atende ao apelo quando os estoques de sangue estão baixos. Curitiba também concentra a maior demanda por sangue do Estado e, no inverno, o volume de doações cai. Por isso, é essencial este tipo de campanha para lembrar as pessoas de que nossa necessidade é permanente”, declarou.

HEMEPAR – Como parte da campanha, ao longo do mês, quem doar sangue no Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Hemepar), em Curitiba, poderá concorrer a uma camisa autografada dos principais times de futebol da capital: Atlético Paranaense, Coritiba e Paraná Clube. Para participar, basta informar o código 39 na recepção da unidade e aguardar o sorteio no final do mês. O brinde é um oferecimento dos clubes que também apoiam a causa.

UNIÃO – Para o secretário do Esporte, Lazer e Juventude de Curitiba, Marcello Richa, a iniciativa demonstra a união entre as entidades esportivas de Curitiba. “Essa campanha busca, com o apoio de atletas, clubes e federações, ampliar o alcance e disseminação de informação para fortalecer a coleta de sangue em Curitiba nesse período. Trata-se de um ato de responsabilidade social, com o objetivo único de ajudar as pessoas”, ressaltou.

Quem também participou do lançamento da campanha, no Carmo, foi o goleiro do Paraná Clube, Marcos Oliveira. “Nós atletas servimos de exemplo para muita gente. Por isso, me sinto muito feliz em poder contribuir um pouco nesta causa, que salva vidas”, revelou.

LEI DE INCENTIVO – Também participaram atletas beneficiários da Lei Municipal de Incentivo ao Esporte, como o líder do ranking brasileiro de esgrima Athos Schwantes, o atleta paralímpico de tênis de mesa Claudiomiro Segatto, o maratonista Samir Sabadin, o técnico de ciclismo Edson Ferreira, integrantes da equipe de futebol americano do Brown Spiders, da equipe Novo Basquete Curitiba e da escola de artes marciais Judô Kussumoto.

PARA DOAR- Para doar sangue é essencial estar em boas condições de saúde, pesar no mínimo 50 quilos e ter entre 16 e 69 anos – menores de idade devem estar acompanhado do responsável. No momento da doação, é importante estar descansado e evitar alimentação gordurosa algumas horas antes, mas não estar em jejum. Também é necessário portar um documento oficial com foto.

Você terminou a leitura
Compartilhar essa notícia
Categorias e tags
Escrever um comentário

Últimas notícias

Inaugura moderna Clínica de Estética no centro platinense
3 horas atrás

Emagrecimento, celulite, gordura localizada, estrias, flacidez, tratamentos faciais e de retenção de líquidos Eleece é

Colégio Magnus lança a nova campanha de Rematrículas (vídeo)
3 horas atrás

Estabelecimento de ensino é referência no Norte Pioneiro O Colégio Magnus lançou oficialmente a sua

Sucesso total na Cavalgada da Efapi (vídeos)
7 horas atrás

Promovida neste domingo com grande participação   A edição 50ª da Efapi (Exposição-feira, Agropecuária e

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.