Vereador preso ganha liberdade e toma posse em Carlópolis

Hulkinho saiu da cadeia e assumiu o cargo anteontem à noite

O vereador de Carlópolis, João Aparecido de Camargo, o Hulkinho ( fotos)  preso em outubro do ano passado – de acordo com o Ministério Público, acusado de envolvimento em esquema no Sistema Único de Saúde (SUS) – ganhou liberdade nesta quarta-feira, dia três.

No início da noite, em sessão extraordinária, participou de cerimônia de sua posse (fotos).

Com o alvará de soltura, responderá às acusações em liberdade pelo menos até o julgamento.

Hulkinho, que tem 62 anos foi denunciado pela prática reiterada de concussão, que é quando um agente público exige vantagens indevidas. Ainda conforme o Ministério Público, Camargo foi investigado em duas operações, sendo uma do próprio órgão, deflagrada em 2018, e outra da Polícia Civil, feita em outubro deste ano. A defesa do vereador entrou com pedido e conseguiu revogar a prisão.

 

 

 

A Polícia Civil  sete mandados judiciais no dia 29 de outubro de 2020.  Foi a segunda fase da operação que investiga uma organização criminosa que teria lucrado mais de R$ 10 milhões com a venda de cirurgias bariátricas realizadas pelo SUS, em hospital da Região Metropolitana de Curitiba.

Os policiais civis tiveram a missão de cumprir dois mandados de prisão temporária, sendo um dos alvos o vereador e candidato a reeleição da cidade de Carlópolis, e cinco mandados de busca e apreensão. As ordens judiciais foram cumpridas nas seguintes localidades: Carlópolis, Santo Antônio da PlatinaJacarezinho, entre outros municípios do Norte Pioneiro, e em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba.

Segundo as investigações, o vereador teria falsificado guias do SUS. Isso possibilitava encaminhamento de pacientes, principalmente do Estado de São Paulo, para fazerem cirurgias bariátricas no hospital do Paraná. Ele atuaria juntamente com médicos que assinavam essas guias.

Leia também: https://npdiario.com/policial/saiba-quem-e-o-vereador-de-carlopolis-que-foi-preso-hoje-video-e-fotos/

 

 

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.