Sargento de TG platinense foi segurança de Dilma e Temer

Também defendeu embaixada brasileira na África e integrou a Força de Paz no Haiti

O Tiro de Guerra 05-004 de Santo Antônio da Platina tem um novo comandante, o sargento de Infantaria Edevilson Buthencourte dos Santos (fotos). Nascido em Rolândia, desde menino sentiu a vocação para a carreira militar por influência, principalmente, do irmão.

Incorporou às fileiras do Exército em abril de 1995 em Blumenau (SC), frequentou a Escola de Sargentos das Armas (ESA), em Três Corações(MG). No final de 2003, apresentou-se no Batalhão de Ações de Comandos em Goiânia(GO), ficando até 2005, e na mesma cidade, ingressou no Batalhão de Forças Especiais no Rio de Janeiro(RJ), ficando até 2013.

No início de 2014, passou a trabalhar no Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República em Brasília (DF), até o final de 2017 com os então presidentes Michel Temer(MDB) e Dilma Rousseff(PT). Viajou três vezes para Nova Iorque (EUA) para a sede da ONU(Organização das Nações Unidas), Panamá e também defendendo a embaixada do Brasil em Kinshasa, Congo, na África, além  de muitos estados brasileiros por conta do programa Minha Casa, Minha Vida.

Também integrou a Força de Paz do Brasil em Porto Príncipe, no Haiti (foto abaixo).

Buthencourte se sente desconfortável quando vinculam sua imagem à dos presidentes a quem serviu profissionalmente, mas não esconde o fato, até porque trabalhou como militar. Teve pouco contato com Dilma, apenas respondia o que lhe era perguntado, “Temer era mais acessível, nas caminhadas que eu o acompanhava, gostava de conversar”, disse.

No começo de 2018, retornou ao Rio de Janeiro, no Centro de Instrução de Operações Especiais no Rio, ficando até 2020.

Fez cursos de aperfeiçoamento de sargentos em 2012, em Cruz Alta(RS); de Ações de Comandos em 2003, estágio na montanha em 2003, em São João Del Rey, Minas Gerais; de Caatinga em Petrolina, Pernambuco (2003); Adaptação à Selva em Manaus(Amazônia); pára-quedista (vídeo abaixo), no Rio,onde também cursou Mestre em Salto, Mergulho a Ar e Resgate, Salto Livre Avançado em 2006, e em 2014 e 2017 os de Segurança Institucional Presidencial.

Foi comandante em diversas funções, como de Destacamento de Ações de Comando e condecorado com as Medalhas do Corpo de Tropa com passador de Prata; Militar de Tempo de Reserva/20 anos; Pára-quedista de bronze, prata e ouro e da Força Expedicionária brasileira.

O TG platinense é um dos mais antigos do Paraná, tendo sido criado em 1929.

O sargento tem um filho, Arthur, e é casado com Adérica, que está grávida de sete meses, esperando Laura.

Fotos: Vinícius Machado/Especial para o Npdiario

 

Nenhuma descrição disponível.

Nenhuma descrição disponível.

 

Nenhuma descrição disponível.

Nenhuma descrição disponível.

 

Nenhuma descrição disponível.

Nenhuma descrição disponível.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.