Cornélio e Santo Antônio são os mais populosos do NP

De acordo com estimativa divulgada nesta sexta-feira

Santo Antônio da Platina(fotos) é o município mais populoso na região geopolítica da Amunorpi (Associação dos Municípios do Norte Pioneiro) de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A estimativa se refere a 1° de julho de 2021 e foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira, dia 27. São 46.503 habitantes, 252 a mais do que em 2020.

Na mesorregião, Amunop (Associação dos Municípios do Norte do Paraná) Cornélio Procópio (foto) aparece com ligeira vantagem sobre os platinenses com seus 47.840 habitantes (47.842 no ano passado).

Cornélio tem apenas 1.337 a mais, comprovando que em cerca de cinco anos, SAP provavelmente passará e CP ficará em segundo lugar.

Jacarezinho (foto) surge na segunda posição na Amunorpi com 39.268 moradores, (39.322 em 2020).

Ibaiti é o terceiro com 31.854 habitantes, (31.644 em 2020). Seguindo, Cambará, com 25.569 (25.466 em 2020),Siqueira Campos, com 21.476, (21.249 em 2020), Andirá, com 19.823 (19.926 em 2020), Wenceslau Braz, com 19.358,(19.386 em 2020),  Carlópolis, com 14.391, (14.356 em 2020), Ribeirão do Pinhal (foto), com 12.869, (12.948 em 2020) , Joaquim Távora com 12.108 e Ribeirão Claro, com 10.622, (10.645 em 2020), completando a lista dos 11 mais populosos na região.

Bandeirantes está com de 31.061 habitantes (31.211 em 2020).

Curiosidade: Barra do Jacaré, com 2.781 moradores, é a única cidade do Paraná que repetiu a população do ano passado.

Santo Antônio da Platina

Londrina permanece no posto de cidade com mais habitantes do interior paranaense. São 575.377 morando na cidade. O ranking das “10 mais” é completado por Maringá (430.157), Ponta Grossa (355.336), Cascavel (332.333), São José dos Pinhais (329.058), Foz do Iguaçu (258.248), Colombo (246.540), Guarapuava (182.644), Paranaguá (156.174) e Araucária (146.214).”.

No Paraná, eram 11.516.840 moradores em 2020. Houve, portanto, um acréscimo de 80.644 habitantes no intervalo de um ano. Teve aumento de 0,72% no total de habitantes, chegando a 11.516.840. O estado é o quinto do país em população, atrás de São Paulo (46.289.333), Minas Gerais (21.292.666), Rio de Janeiro (17.366.189) e Bahia (14.930.634).

Nacionalmente, a população brasileira passou de 211,8 milhões para 213.317.639 de pessoas.

O índice representa alta de, aproximadamente, 0,7% em relação à projeção de 2020 – pouco abaixo do crescimento nacional, estimado em 0,77%.

“Os efeitos da pandemia da Covid-19 no efetivo populacional não foram incorporados nesta projeção, devido à ausência de novos dados de migração, além da necessidade de consolidação dos dados de mortalidade e fecundidade, fundamentais para se compreender a dinâmica demográfica como um todo”, informou em nota o IBGE.

Segundo o instituto, as implicações da pandemia no tamanho da população serão verificadas a partir do próximo Censo Demográfico, previsto para ser realizado no ano que vem.

Cornélio Procópio

As 10 cidades mais populosas do Paraná em 2021:

De acordo com a projeção, entre as dez maiores cidades do Paraná, apenas Foz do Iguaçu perdeu habitantes no período.

  • Curitiba: 1.963.726 habitantes;
  • Londrina: 580.870 habitantes;
  • Maringá: 436.472 habitantes;
  • Ponta Grossa: 358.838 habitantes;
  • Cascavel: 336.073 habitantes;
  • São José dos Pinhais: 334.620 habitantes;
  • Foz do Iguaçu: 257.971 habitantes;
  • Colombo: 249.277 habitantes;
  • Guarapuava: 183.755 habitantes;
  • Paranaguá: 157.378 habitantes.

Segundo o IBGE, 180 dos 399 municípios paranaenses perderam moradores em 2021.

Jacarezinho

No consolidado nacional, o Brasil chegou a 211,8 milhões de habitantes em 2020, crescendo 0,77% em relação ao ano passado. O estudo, com data de referência em 1º de julho, mostra que 21,9% da população está concentrada em 17 municípios, todos com mais de um milhão de habitantes, sendo que 14 são capitais estaduais.

No Paraná apenas Curitiba rompeu a barreira do milhão. O IBGE revelou que a capital paranaense tem 1.948.626 habitantes, a oitava mais populosa do Brasil. São Paulo continua sendo o município a liderar o ranking, com 12.325.232 de pessoas. Na sequência aparecem Rio de Janeiro (6.747.815), Brasília (3.055.149), Salvador (2.886.698), Fortaleza (2.686.612), Belo Horizonte (2.521.564) e Manaus (2.219.580).

No recorte da Região Sul, Porto Alegre aparece no 12º posto (1.488.252). Já Florianópolis é a 23ª entre as capitais, com 508.826 moradores. É a segunda mais populosa do estado catarinense, atrás de Joinville (597.658).

REGIÃO METROPOLITANA – O IBGE aponta ainda que a Região Metropolitana de Curitiba possui 3.693.891 pessoas, configurando a 9ª associação de municípios do País. A taxa de crescimento em relação a 2019 foi de 1,07%, superior à da Capital, que ficou em 0,80%.

Ribeirão do Pinhal

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.