Operação de Valdir do Foto será hoje

Ex-presidente do Legislativo platinense continua estável e confiante

Exclusivo: O ex-presidente da câmara platinense, Valdir Domingos de Souza (fotos), 63 anos, o Valdir do Foto, será submetido a uma cirurgia na tarde de segunda-feira, dia 14, no Honpar (Hospital Norte do Paraná, antigo João de Freitas), onde permanece na Unidade de Tratamento Intensivo, em Arapongas.

A equipe médica considerou mais prudente continuar com o Clopidogrel (foto acima).

  • O fármaco é um antiagregante plaquetário, ou seja, age “afinando” o sangue.
  • Ele previne a formação de coágulos ou trombos, eventos que são sempre indesejáveis.
  • O efeito colateral mais temido é o sangramento, mas os benefícios prevalecem para a maioria.
  • O clopidogrel começou a ser desenvolvido em 1972, época na qual ainda não se conhecia detalhadamente a relação entre a agregação plaquetária, trombose e eventos cardiovasculares.

No início da década de 1990 entrou no mercado, e em 2010 foi o segundo medicamento mais vendido em todo o mundo. Isso porque ele é uma medicação que reduz a morbidade (aparecimento de doenças), além da mortalidade relacionada ao infarto do miocárdio.

A cirurgia teve que ser protelada de quinta ou sexta-feira para a próxima segunda-feira porque ele já estava tomando Clopidogrel e isso aumentaria a chance de menor sangramento. Nestes casos, sempre que possível, o paciente para de tomar o Clopidogrel por 5 a 7 dias e então realiza-se o procedimento.

O cateterismo do paciente é um triarterial, ou seja, tem três coronárias obstruídas e é um caso para cirurgia de revascularização miocárdica, com três pontes de safena ou uma mamária e duas safenas. Normalmente, tudo correndo bem, alta entre cinco a sete dias.

Valdir conversou com o Npdiario no início da noite da última terça-feira, dia oito. Ele havia se sentido mal, recebeu atendimento médico em Santo Antônio da Platina e foi levado de ambulância ao Honpar.

Aos 63 anos, Valdir  é uma pessoa querida e estimada. Mas, não foi fácil. Em 1972, o pai faleceu e o menino ganhou o mundo, residindo em várias cidades como Tarumã(SP), Amambaí(MS), Ourinhos(SP),Bandeirantes…Trabalhando como podia até mesmo vendendo tecido para índios.

E, em Santo Antônio da Platina, trabalhou no antigo Bar Liz e Foto Sagae, onde fazia faxina, atendia balcão, lanches e tinha um lugar seguro para dormir.
Paulatinamente, foi aprendendo os segredos da fotografia, instalou sua empresa no Calçadão(rua Marechal Deodoro), em Santo Antônio da Platina, foi eleito vereador quatro vezes e presidente da câmara três.
Ficou viúvo de Marcília em dezembro de 1997,um dos maiores traumas de sua vida.
Foi presidente do Clube Platinense com gestões admiráveis.
Prestou serviços para jornais, polícia, entidade beneficentes, e durante vários anos teve como maior faturamento os vídeos e fotografias de casamentos de toda a região. O “Foto Valdir”  mudou de “proprietário”, mas Vavá continua querido como sempre.

Familiares e amigos solicitam que as orações prossigam.

Além da fé religiosa, Valdir se apega aos amigos e familiares, os filhos Geruza e João Pedro, os netos Davi, Danielzinho e Ana Laura. É sogro de Daniel Wesley Vilas Bôas Rocha, ex-chefe de gabinete do governador Carlos Massa Ratinho Junior e atualmente Superintendente de Assuntos Institucionais.

A reportagem do Npdiario acompanha o caso.

 

Você terminou a leitura
Compartilhar essa notícia
Categorias e tags
Escrever um comentário

Últimas notícias

‘Gaudencio Energia Solar’ está na Efapi
1 hora atrás

Especialistas em energia solar fotovoltaica, fundada em 2015, empresa é  referência no Norte Pioneiro e

Frustrada tentativa de roubo em Joaquim Távora (veja o vídeo)
2 horas atrás

Platinense foi preso pela PM na sequência https://youtu.be/yllfxFdA_YM?t=4   Exclusivo: Uma frustrada tentativa de roubo

Casa do Artesão está na 50ª EFAPI (vídeo)
2 horas atrás

A Casa do Artesão Platinense é o centro de referência do artesanato municipal e um

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.