Desabastecimento em Ribeirão Claro

Falta água tratada em muitos bairros da cidade

Após quatro dias sem abastecimento de água,  moradores de algumas vilas de Ribeirão Claro promoveram protesto no início da noite desta segunda-feira, dia 26, durante sessão ordinária do Legislativo local.

Numa rede social  o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) e a prefeitura prometeram resolver o problema nesta terça, dia 27.

O diretor do SAAE, Osmar Baggio foi convidado para dar explicações junto com uma contadora.

O problema é antigo. Combinação de falta de chuvas, crescimento da cidade e perda de poços artesianos que abastecem a cidade, só que os manifestantes disseram que não desejavam participar de indisposições política entre grupos e sim equacionar o caso.

No final, o presidente da câmara, Odair Prado (DEM), de 61 anos, classificou os protestante de “vândalos”, o que provocou revolta.

Mariana Aparecida Salvador foi uma das mais irritadas, pois considerou inapropriada a atitude de Prado, que vive de um bar instalado há mais de 25 anos no povoado rural(patrimônio) Cachoeira, de cerca de mil habitantes.

“Ele deveria respeitar mais a população, queremos a solução do problema, só isso”, assinalou.

Prado não foi localizado pela reportagem para comentar o assunto.

Ribeirão Claro possui 10.645 habitantes, tem um PIB de R$ 46.402.082,00 e um IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) de 0,716, segundo a última medição do IBGE, que é de 2010. O IDH vai de 0 a 1 – quanto maior, mais desenvolvida a cidade – e tem como base indicadores de saúde, educação e renda. A média no Brasil é de 0,765, segundo dados de 2019 divulgados em 15 de dezembro de 2020 pelo Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas (PNUD).

 

 

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Categorias e tags

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.