Programas zeram déficit habitacional em Cornélio

Prefeito Amin Hannouche anuncia novas casas e a entrega de lotes urbanizados

O prefeito Amin Hannouche (PSD) anunciou uma série de investimentos para zerar o déficit habitacional em Cornélio Procópio, com a construção de novas casas e a entrega de lotes urbanizados.  São 350 novas casas pela Cohapar e outros 800 lotes urbanizados.

“O governador Ratinho Junior já liberou pela Cohapar 350 casas. Em breve será realizado a licitação para construção dessas novas moradias, que vai ser a segunda etapa do Conjunto Professora Martha Dequech e a segunda etapa também das moradias no distrito de Congonhas”, anunciou o prefeito.

Amin Hannouche destacou ainda a parceria com o deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), que representa o município na Assembleia Legislativa. “É um deputado que conhece Cornélio Procópio e as nossas necessidades e não mede esforços para atender às demandas junto ao Governo do Paraná”, reforça.

Casa Fácil Paraná — Amin Hannouche informa ainda que os futuros moradores poderão pleitear R$ 15 mil por imóvel para custeio do valor de entrada da casa própria. “É o maior programa habitacional do Brasil. O Estado vai subsidiar o valor da entrada moradia, um dos principais entraves para um famílias adquirir sua própria casa”.

Outro programa prevê a entrega de 800 lotes urbanizados a famílias que não serão atendidas pela Casa Fácil Paraná. “Isso vai ser muito bom porque temos uma demanda alta ainda”, informa o prefeito. A prefeitura vai providenciar toda a infraestrutura dos loteamentos, como a implantação de galerias de águas pluviais e meio fio, pavimentação asfáltica e ligação de luz, água e esgoto.

Segundo o prefeito, tão logo os recursos estejam disponíveis e liberados, as obras de infraestrutura serão iniciadas. “A partir do momento em que município fizer isso, o loteamento estará apto para ser entregue a população, que vai iniciar a construção das casas”, reafirma.

Emendas — Os lotes urbanizados estão localizados atrás da Companhia Iguaçu, uma área há pouco tempo considerada rural e que receberá toda a infraestrutura necessária. Amin Hannouche anunciou ainda que vai à Brasília nos próximos dias para pleitear recursos do governo federal, por meio de emendas parlamentares para garantir os investimentos em infraestrutura.

“Outubro é o mês em que os deputados federais têm o direito de apresentar emendas individuais ou coletivas, as chamadas emendas de bancadas. Vamos a Brasília para conseguirmos junto aos nossos representantes federais os recursos para fazer toda infraestrutura nesse loteamento atrás do Iguaçu. Isso não é barato. Custa muito dinheiro e a gente precisa realmente desse recurso para que isso possa acontecer”, conclui.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.