Empresa justifica a paralisação de linha Cambará/Jacarezinho

Princesa do Norte alega queda drástica da demanda mas se coloca à disposição para resolver impasse

 

O deputado Luiz Cláudio Romanelli (PSD) apresentou nesta segunda-feira, 16, requerimento ao DER/PR (Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná) questionando as razões que levaram a Princesa do Norte a retirar a linha regular de ônibus entre Cambará e Jacarezinho. Segundo ele, a situação prejudica estudantes e trabalhadores das duas cidades.

Para Romanelli a concessionária deve explicações à sociedade. “Apenas uma empresa fazia esse trajeto, em dois horários, pela manhã e à tarde, o que já limitava o trânsito de passageiros nas duas cidades. Agora, nem isso tem mais. A linha de transporte foi retirada sem justificativa aos trabalhadores e estudantes da região” comentou o Primeiro secretário da Assembleia Legislativa(Alep).

Ele defende a manutenção da linha para atender moradores da região. Além disso, a retirada dos coletivos prejudica trabalhadores e estudantes, principalmente para quem se desloca para a Usina Dacalda e também aos campi da UENP (Universidade Estadual do Norte do Paraná) e do IFPR (Instituto Federal do Paraná).

Prejuízo – Com a interrupção do serviço, a viagem entre Cambará e Jacarezinho deve ser feita por Ourinhos (SP). “Os estudantes e trabalhadores, além de serem prejudicados com o duplo custo das passagens, também perdem mais tempo de viagem. Os usuários do transporte público precisam saber as razões para a suspensão do transporte”, lembrou Romanelli.

Diariamente, trabalhadores que estão em busca de emprego têm na linha de ônibus entre as duas cidades, o único meio de transporte para a Usina Dacalda em busca de oportunidade de emprego. Moradores da área rural, com a retirada da linha de ônibus, não têm acesso a Jacarezinho ou Cambará, ficando aquém de transporte para acessar serviços públicos ou efetuar compras no comércio entre as duas cidades.

 

Procurado pelo Npdiario, o diretor de operações da Princesa do Norte, Antônio Di Lanna, explicou e contextualizou a situação:

A Empresa foi extremamente afetada pela Pandemia em todas as suas linhas de ônibus do Estado do Paraná. mesmo assim operou, de forma reduzida, todas as linhas. mas especificamente a de Jacarezinho x Cambará, teve sua paralisação definitiva desde o inicio da crise sanitária mundial por falta de demanda.

Em agosto, a pedido da Câmara de Vereadores da cidade de Cambará a Princesa retomou a operação da linha com um par de horários diários, mas a procura de passageiros foi muito pequena, em média dez pessoas no total em cada viagem. Isso em função da Pandemia que ainda estava assolando o país, e, diante dessa questão, a empresa se viu obrigada a paralisar novamente a operação da referida linha, pois  deficitária, e gerando ainda mais desequilíbrio  econômico-financeiro da empresa, já bastante afetado.

Diante de tal situação a empresa solicitou ao DER/PR a paralisação definitiva da rlinha, e o órgã0 em função da baixíssima demanda de passageiros, autorizou a paralisação, devido, repetimos, ao fato da linha ser extremamente deficitária.

Não recebemos nenhuma outra demanda desde essa época, razão pela qual a empresa não reativou a operação.
Os insumos, como todos acompanham, tiveram aumentos assombrosos, desde o inicio da pandemia, o diesel subiu mais de 55%, pneus e peças e acessórios em torno de 25% e o salário dos funcionários em torno de 7,59%, enquanto as tarifas não tiveram reajustes e com a baixa procura de passageiros as contas não fecham.

No serviço “metropolitano”, se não houver em média 50 passageiros pagantes em cada viagem, a conta não fecha, e a empresa opera no prejuízo. As tarifas dos serviços metropolitanos estão muito defasadas, além, da alta demanda de gratuidades, que são os idosos que viajam gratuitamente neste serviço.

Ao final, podemos completar que embora a linha esteja paralisada com autorização do DER/PR, a empresa pode realizar estudos junto as duas cidades e verificar se agora, com a pandemia estando sob relativo controle e com a maioria da população vacinada, pode estudar a reativação da operação da referida linha.

Deixamos claro nosso respeito pelo Deputado Luiz Cláudio Romanelli, a quem admiramos por seu trabalho diuturno em defesa dos interesses públicos da população.

Você terminou a leitura
Compartilhar essa notícia
Categorias e tags
Escrever um comentário

Últimas notícias

Festa Julina no Colégio Tiradentes
8 horas atrás

Confira as atrações imperdíveis nesta quinta-feira O "Arraiá" do Colégio Estadual Tiradentes será nesta quinta-feira,

PM de SAP recupera motocicleta roubada
8 horas atrás

Marginal já tinha três mandados de encarceramento Às 17h05m desta terça-feira, dia cinco, na rua

Caminhões de lixo não foram furtados; coleta normalizada (vídeos)
10 horas atrás

Houve desacordo comercial entre outras duas empresas, segundo a procuradora da terceirizada https://youtu.be/JQw8KSzi9mY Exclusivo: A Polícia

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.