Prefeitura pede que diminuam a velocidade em Ibaiti

Pedido visa evitar acidentes na área urbana da cidade 

A Prefeitura de Ibaiti através do Departamento Municipal de Trânsito – Demutran pede para que os motoristas diminuam a velocidade ao transitarem nas ruas do perímetro urbano do município.

Nesta época do ano, o trânsito urbano de Ibaiti aumenta significativamente o número de veículos causando grande congestionamento, tanto de veículos de moradores do município quanto de visitantes de outras cidades que procuram o comércio ibaitiense para as compras.

A iniciativa vale também aos motociclistas que transitam em alta velocidade, principalmente no período noturno, durante entregas de restaurantes e lanchonetes.

Segundo o diretor do Demutran, Paulo Mickza, a velocidade inadequada praticada pelos motoristas e motociclistas contribui para o aumento no número de acidentes, principalmente, os acidentes com vítimas.

A velocidade excessiva foi apontada pelo Programa Vida no Trânsito de Curitiba no ano de 2019, como a segunda causa de acidentes urbanos fatais, atrás apenas do fator álcool. O desrespeito à sinalização foi a principal conduta entre os motoristas envolvidos nos acidentes.

Segundo o Demutran, quanto maior a velocidade, menos o motorista tem tempo para evitar o acidente. A velocidade também piora os efeitos de uma colisão: quanto mais rápido um veículo estiver, mais forte será o impacto.

A área urbana de Ibaiti possui ruas coletoras arteriais (principais) com velocidade máxima em 40 km/h, ruas residências (segundarias), com velocidade máxima de 30 km/h e ruas de condomínios com velocidade máxima de 20 km/h. 

O excesso de velocidade nessas vias por parte dos condutores é passível de multa conforme artigo 218 do Código de Trânsito Brasileiro. A multa pode chegar R$ 880,41 e suspensão do direito de dirigir (CNH).

O prefeito Dr. Antonely Carvalho anunciou que a Secretaria de Obras, Viação e Serviços Urbanos irá instalar mais redutores de velocidades (lombadas), em vários pontos da cidade neste mês de novembro. A medida, segundo o prefeito não substitui o bom senso dos condutores de veículos em transitar em menor velocidade pelas ruas. “O bom senso manda que devemos conduzir nossos veículos com segurança. Velocidade em excesso coloca em risco nossa integridade física e a vida de todos. Pedimos encarecidamente a todos os condutores que transitem com seus carros e motociclistas em velocidade mais condizente com o nosso trânsito. Com segurança todos nós sairemos ganhando”, declarou o prefeito.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.