Prefeitura de Ibaiti tem queda de quase R$ 1 milhão na arrecadação

Nos meses de março e abril de 2020

Com a crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus, a arrecadação no município de Ibaiti caiu quase R$ 1 milhão de reais nos meses de março e abril deste ano.

De acordo com a Secretaria de Finanças da Prefeitura de Ibaiti, o município deixou de arrecadar R$ 924.415,15 (novecentos e vinte e quatro mil, quatrocentos e quinze reais e quinze centavos).

As quedas foram registradas principalmente no Fundo de Participação dos Municípios – FPM, Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica – FUNDEB e no Simples Nacional. Esses três recursos registraram quedas acentuadas nos meses de março e abril. O município também registrou queda no Imposto Sobre Circulação de Mercadorias – ICMS e nos Tributos Municipais. Esses dois últimos, a queda foi registrada no último mês de abril com a crise já instalada em todo o país.

No mês de março deste ano (2020), o município recebeu R$ 2.849.024,62, somados o FPMFUNDEB e Simples Nacional contra os R$ 3.073.149,22, recebidos no mesmo período de 2019, representando uma queda de R$ 224.124,60 na arrecadação.

No mês de abril (2020), a Prefeitura recebeu R$ 3.920.580,12 , somados os cinco recursos. Já em abril do ano passado (2019), o valor arrecadado foi de R$ 4.620.870,67, significando uma queda de R$ 700.290,55 nos valores recebidos pelo município.

Juntos, o Fundo de Participação dos Municípios, o FUNDEB, o Simples Nacional, o ICMS e os Tributos Municipais, o município de Ibaiti deixou de arrecadar R$ 924.415,15, somente nos meses de março e abril deste ano.

A pandemia vem provocando efeitos negativos na vida de todos brasileiros. A economia do país está sendo afetada e os municípios sofrem com os reflexos nas finanças

Segundo o prefeito Antonely Carvalho, já era esperado que com a crise econômica provocada pela pandemia a arrecadação dos municípios teriam queda.  “A pandemia vem provocando efeitos negativos na vida de todos brasileiros. A economia do país está sendo afetada e os municípios sofrem com os reflexos nas finanças”, disse o prefeito.

Dr. Antonely comentou que o momento agora é de planejamento. Com menos recursos, as dificuldades serão maiores, mas o planejamento será essencial para sair da crise. “Vamos continuar trabalhando com muita vontade e dedicação à nossa gente. Com os esforços de todos e com planejamento financeiro de toda a Administração Pública sairemos desta fase com o mínimo possível de prejuízos”, concluiu o prefeito.

Você terminou a leitura, navegue pelas nossas notícias a seguir

Categorias e tags

Compartilhar essa notícia

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Share on email
Share on whatsapp

Siga-nos

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.