Prefeita de Quatiguá NÃO FOI cassada

Ela recorreu da decisão de primeira instância e segue normalmente na chefia do executivo

Exclusivo: A prefeita de Quatiguá, Adelita Parmezan de Moraes(PTB) e seu vice, Josué Pádua Melo (PROS) não tiveram os mandatos cassados, ao contrário do que alguns insistem em desinformar, “estou assustada com a repercussão como essa situação está tendo, o único meio de comunicação com o qual conversei sobre isso até agora foi o npdiario”, afirmou a jovem de 30 anos na noite desta quarta-feira, dia 18.

O Ministério Público Eleitoral de Joaquim Távora representou os dois na Justiça Eleitoral e determinou a cassação dos diploma. Busca também que ambos sejam considerados inelegíveis por oito anos, a contar do pleito do ano passado.

Adelita nasceu em Santo Antônio da Platina e é solteira. O pai, Efraim Bueno Moraes, também já foi chefe do executivo da cidade. A moça se elegeu com 59,25% dos votos válidos, um total de 3.082 votos em 2020. O vice-prefeito tem 49 anos, é natural de Quatiguá ( 7.500 habitantes) e possui o apelido de Zé Vareta porque na juventude era muito magro.

A decisão – contestada pela dupla – assinala que “houve ofensa à igualdade(na campanha). Os representados(…), ao procederem exagerada contratação de pessoal e não justificarem a contento o modo como se utilizaram de recursos públicos (Fundo Especial de Financiamento de Campanha), potencializaram suas chances de vitória, o que acabou por se concretizar, em prejuízo dos candidatos que observaram a legislação eleitoral”.

Na verdade, havia apenas uma outra concorrente, Beatriz David(DEM)

O número do processo é 0600049-36.2021.6.16.0055.
Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.