Norte do Paraná já tem 5G

Deve chegar, de fato e na prática, em 2022 e ter uma cobertura mais abrangente somente em 2025

A zona rural de Londrina recebeu a primeira antena de internet 5G do Sul do país. O equipamento está sendo usado para testes de forma experimental pelo setor agrícola, até que o leilão dessa nova frequência seja realizado. A expectativa é que o setor tenha um ganho de produtividade com o recebimento, transmissão e armazenamento de dados de forma mais rápida e com qualidade.

A antena foi instalada na área da Embrapa Soja, espaço conhecido por ser um pólo de desenvolvimento tecnológico para o campo.

Com a tecnologia, o produtor terá acesso a dados sobre o funcionamento de qualquer lugar do mundo, possibilitando que a gestão de propriedades rurais possa ser feita a distância, com qualidade na recepção, armazenamento e transmissão de dados e imagens.

Com a tecnologia, é esperada uma verdadeira revolução na conectividade, como pontuou o presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Igor Calvet: “Terá um impacto, creio eu, até muito maior para as empresas. Porque o 5G é uma tecnologia que vai permitir a comunicação não somente entre as pessoas, mas sobretudo, entre máquinas. É máquina conversando com máquina, é máquina conversando com a infraestrutura.”

O planejamento do Governo Federal é alcançar todas as capitais brasileiras até meados de 2022 e o país inteiro até 2028. O leilão das faixas de frequência foi marcado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para o dia  4 de novembro (Reportagem: Rafaela Gonçalves).

Embora ainda esteja engatinhando no Brasil, a internet 5G já é uma realidade em diversos países e a expectativa é de que a quinta geração de dados móveis possibilite uma conexão nunca vista.

Além de velocidade muito maior para ver filmes, usar aplicativos, fazer downloads e uma infinidade de outras ações, ela também viabiliza algo futurístico: a implementação efetiva da Internet das Coisas (IoT).

Essa tecnologia já é uma realidade e é usada nos mais diferentes campos, mas a limitação de dados e banda é um impedimento para que o seu uso seja ainda mais popularizado e abrangente.

Com a Internet 5G, o número de aparelhos conectados deve sofrer um boom, e eles poderão funcionar com maior capacidade.

Entretanto, essa mudança requer investimentos.

No Brasil, a estimativa da Anatel para os custos das faixas de frequência do leilão do 5G ultrapassa a barreira dos R$ 30 bilhões.

Boa parte desses recursos será destinada para cumprir com as obrigações para a implementação da tecnologia, como instalação de fibra óptica e migração do sinal de parabólicas para evitar problemas.

Com essas medidas, o Brasil tenta se aproximar de países, como a Coreia do Sul, que já estão em um estado bem mais avançado de disponibilização de uma cobertura de qualidade e, assim, gerar uma vantagem competitiva para empresas, empreendedores e profissionais liberais, o que será sentido nas próximas décadas.

Interessado no assunto? Vamos aos tópicos para destrinchar o mais relevante sobre a Internet 5G:

  • O que é a Internet 5G?
  • Como funciona a internet 5G?
  • Qual é o impacto da internet 5G para os negócios?
  • Quais são as diferenças entre internet 4G e 5G?
  • Onde a internet 5G está disponível?
    • 5G no Brasil
    • 5G na Coreia do Sul
    • 5G nos Estados Unidos
    • 5G em outros países.

O que é a Internet 5G?

Internet 5G: O que é, Características e Cobertura

A internet 5G é a parada mais recente na evolução da internet dos dispositivos móveis.

Apesar de essa terminologia ter ficado mais famosa com a chegada do 3G, na verdade ela já existia antes com o 1G (os primeiros celulares) e o 2G (com os sinais dos aparelhos sendo digitais e não mais analógicos).

E caso você queira até saber do oG – sim, isso existe –, também há material sobre o assunto.

A ideia de uma quinta geração nas telecomunicações já tem mais de dez anos, quando a NASA fez uma parceria com uma empresa privada para desenvolver a tecnologia.

De lá para cá, diversos países começaram a investir em pesquisa e infraestrutura para poder oferecer internet 5G.

Entre eles, Coreia do Sul, Japão, Estados Unidos, Reino Unido e Israel.

A China não ficou para trás, com a gigante dos eletrônicos Huawei tomando a dianteira com investimentos e pesquisa nos últimos anos.

Para colocar em outras palavras, o 5G, em comparação com o 4G, usa uma faixa de frequência mais alta, que permite a “convivência” de mais aparelhos usando seus dados.

A velocidade também é consideravelmente superior – veremos um exemplo abaixo.

Entretanto, seu alcance é menor, já que as ondas eletromagnéticas usadas são as conhecidas como milimétricas.

Essa é uma das razões para a necessidade de instalar antenas específicas, o que encarece a implantação da tecnologia.

Mas com essa maior presença, a cobertura também tende a ser maior.

Quantas vezes você esteve em uma cidade ou em um lugar com grande movimento de pessoas e sua internet móvel não pegava? Com o 5G, essas ocorrências devem diminuir.

Portanto, além da velocidade maior como ponto positivo, a internet 5G também funcionará em mais lugares.

Por usar muito mais a nuvem, a presença de cabos de transmissão também diminuirá sensivelmente.

E tudo isso trará resultados incríveis.

Os processos serão mais rápidos, assim como a comunicação e a operação das máquinas inteligentes.

Segundo a organização Global System for Mobile Communications, a tecnologia pode render US$ 565 bilhões em receitas adicionais até 2034.

Por isso, a corrida pelo 5G envolve não só empresas interessadas, mas também Estados e suas forças governamentais em peso.

Como funciona a internet 5G?

Internet 5G: O que é, Características e Cobertura

Assim como as redes móveis das gerações anteriores, a internet 5G funciona por meio de ondas de rádio, mas a principal diferença é que ela tem um espectro de cobertura muito maior do que suas antecessoras.

Usando as faixas de frequência mais altas da telefonia para funcionar, o 5G consegue se espalhar entre 600MHz e 700MHz e entre 26GHz e 42GHz.

Apesar de ter uma capacidade maior do que as tecnologias 3G, 4G e 4.5G, o comprimento de onda da 5G é mais curto, o que significa dizer que ela pode ser mais facilmente bloqueada por barreiras físicas.

As saídas para evitar esse problema têm sido quatro:

  • Desenvolver antenas mais baixas e próximas ao solo para tentar desviar desses objetos e garantir uma cobertura mais ampla, fazendo com que o sinal chegue a um número maior de transmissores e receptores
  • Acoplar antenas da rede 5G às antenas já existentes e, assim, adaptar os seus funcionamentos para um modelo paralelo de tecnologia com suporte à nova infraestrutura de conexões
  • Instalar antenas menores de baixo alcance para repetir sinais de dispositivos locais e redirecioná-los para uma estação central, bem como colocar as antenas replicadoras em áreas maiores para cobrir um perímetro de até 250m
  • Utilizar o mecanismo de inteligência das antenas 5G para focalizar o sinal de rádio, em vez de emitir suas ondas para diferentes direções.

Qual é a velocidade do 5G?

Se o funcionamento do 5G não chamou tanto a sua atenção por ser um aspecto menos prático, a informação da velocidade de download da tecnologia certamente vai deixar você de queixo caído.

Segundo alguns estudos realizados, determinados aparelhos dotados da quinta geração da banda larga móvel atingiram o pico de 10GBps.

Só para se ter uma ideia, a tecnologia 4G registra uma taxa de 300MBps. Ou seja, é uma diferença de 34 vezes a favor do recurso mais recente.

Já a banda larga 4.5G, que funciona como uma transição entre os dois modelos, registra uma velocidade de até 1GBps.

Apesar de alta, ainda é 10 vezes inferior ao patamar alcançado pela tecnologia 5G.

Qual é o impacto da internet 5G para os negócios?

Internet 5G: O que é, Características e Cobertura

Agora, imagine toda essa velocidade a serviço dos negócios.

A rapidez com que as informações chegarão aos seus destinatários e a quantidade de dados que poderão ser processados com o alinhamento com o Big Data será enorme.

estabilidade da conexão e o acesso aos conteúdos da nuvem serão facilitados. Video-chamadas sem travar ou sem nenhum tipo de delay serão uma realidade.

Além disso, com uma cobertura maior, cada vez mais dispositivos poderão ser conectados à internet, o que significa uma ampliação do uso da IoT.

Na prática, as empresas passarão a controlar seus dispositivos de forma remota e de maneira muito mais facilitada e inteligente.

Vai ser possível, por exemplo, gerar relatórios, informar gargalos e falhas sistêmicas em tempo real.

Antecipar problemas e acionar o suporte de TI com agilidade também vai permitir que danos sejam minimizados, afinal, quase não se terá tempo ocioso até a solução chegar.

Outros métodos que tendem a ser potencializados são o machine learning e a inteligência artificial.

Com a velocidade da conexão, vai ser muito mais rápido encontrar padrões e identificar os mais diversos tipos de problemas sistêmicos.

Quais são as diferenças entre internet 4G e 5G?

Internet 5G: O que é, Características e Cobertura

Não é apenas na velocidade de download (já trazida aqui) que as tecnologias 4G e 5G se diferenciam.

Outros dois pontos em que elas têm distinções bastante significativas são nas taxas de latência e no espectro, como detalharemos a seguir.

Taxa de latência

A latência nada mais é do que o tempo de resposta entre uma ação e a sua reação.

Quando comparamos esse indicador, mais uma vez, a vantagem fica para o lado do 5G.

Enquanto a taxa média no 4G é de 50 milissegundos, na tecnologia mais moderna ela fica em 1 milissegundo – isso mesmo, a latência é 50 vezes menor.

Na prática, isso representa um tempo de resposta quase instantâneo.

Essa diferença pode ser sentida em uma chamada pelo WhatsApp, por exemplo.

Se você já fez alguma ligação pela ferramenta e teve que lidar com aquele delay, sabe do que estamos falando.

Você pergunta algo para a pessoa que está do outro lado da linha, ela demora a ouvir a pergunta e, por consequência, a sua resposta também.

Com o 5G, essa espera, basicamente, vai zerar.

Espectro

Chegamos a falar rapidamente sobre ele quando explicamos o funcionamento da tecnologia 5G, mas não comparamos com o espectro da 4G.

Esse é mais um ponto a favor da nova banda larga móvel, que tem uma capacidade total de rede maior do que sua antecessora.

Cada operadora tem um bloco X de espectro que pode ser distribuído por seus clientes.

Vamos supor que, com a internet 4G, esse valor seja de 200MHz. Com a 5G, o objetivo é aumentar para 2.000MHz.

Ou seja, um acréscimo de 1.000%.

Onde a internet 5G está disponível?

Internet 5G: O que é, Características e Cobertura

A implementação da internet 5G ainda é muito desigual mundo afora.

Enquanto países como Coreia do Sul e Estados Unidos estão mais adiantados, outros, como o Brasil, estão mais atrasados.

Veja como está o estágio de habilitação da tecnologia em algumas das principais potências mundiais.

5G no Brasil

A pandemia atrasou a implementação da tecnologia 5G no país, que, anteriormente, tinha a previsão de fazer o leilão para a compra das faixas de radiofrequência no final de 2020.

Em julho do ano passado, no entanto, a operadora Claro deu o start para essa mudança de tecnologia.

A empresa, em parceria com a sueca Ericsson, trouxe para o país o sistema 5G DSS, que oferece uma internet até 12 vezes mais rápida que a 4G.

Entretanto, o modelo não opera em faixas exclusivas para a quinta geração da banda larga móvel, pois, para isso, depende do leilão da Anatel.

Ou seja, a tecnologia deve chegar, de fato, em 2022 e ter uma cobertura mais abrangente somente em 2025.

5G na Coreia do Sul

A Coreia do Sul já começou a implementação da tecnologia 5G há dois anos.

É bem verdade que o sistema ainda apresenta algumas instabilidades, mas está em um processo muito mais avançado do que no Brasil, por exemplo.

Atualmente, três operadoras oferecem a cobertura para a quinta geração da banda larga móvel no país, e diversos aparelhos de diferentes empresas (Samsung, Motorola, Xiaomi, LG e ZTE) já suportam a tecnologia.

5G nos Estados Unidos

Internet 5G: O que é, Características e Cobertura

Ao lado do país asiático, é onde a implementação da internet 5G está mais avançada. Aliás, as duas nações brigam por esse pioneirismo.

No entanto, apesar de os Estados Unidos terem lançado a tecnologia praticamente ao mesmo tempo que a Coreia do Sul, a cobertura também ainda deixa a desejar.

Segundo levantamento recente, os usuários têm conseguido utilizar a tecnologia em apenas 0,5% do tempo.

A Verizon, empresa que investiu na implementação do 5G no início de 2019, sendo responsável pela disponibilização dos primeiros sinais no país, tem números levemente superiores.

De acordo com o estudo, a rede estadunidense de telecomunicação oferece uma conexão de qualidade de alta frequência 0.8% do tempo.

5G em outros países

A China é outro lugar que investiu pesado no 5G. Em outubro de 2019, o país lançou a maior rede de telefonia da quinta geração de banda larga móvel, disponível em mais de 50 cidades chinesas.

O Reino Unido disponibilizou a tecnologia no ano passado, enquanto o Canadá, assim como o Brasil, tinha previsto um leilão para implementar a rede em 2020, mas, em razão da pandemia, também não conseguiu.

Já o 5G DSS está disponível em países como Uruguai, Suriname, Porto Rico, Trinidad e Tobago e o próprio Canadá.

De acordo com relatório da VIAVI Solutions, temos hoje 1.336 cidades em todo o mundo com a rede 5G, um acréscimo de 350% na comparação com o último ano.

Quais as principais características da Internet 5G?

Internet 5G: O que é, Características e Cobertura

Além dos aspectos técnicos que possibilitam que tenhamos uma nova geração nas telecomunicações, fica claro que o que mais chama a atenção no assunto internet 5G é falar sobre a velocidade.

O download de um filme de duas horas no 3G poderia demorar 26 horas. No 4G, seis minutos.

Já o 5G permitirá que você aperte o play e comece a comer a pipoca com o filme aparecendo na tela em 3,5 segundos.

tempo de resposta menor – ou baixa latência – permitirá que o processamento seja 400 vezes mais rápido que um piscar de olhos.

Porém, uma característica negativa da internet 5G e toda a tecnologia que a acompanha é seu alto custo para implementação.

As frequências usadas para as gerações anteriores eram similares às de rádio, o que facilitava a transição.

No 5G, estamos falando da mesma frequência usada em transmissões via satélite (Super High Frequency).

Apesar de aparelhos celulares começarem a ser compatíveis, é de se esperar que governos e empresas – dependendo do modelo escolhido em cada país – demorem um pouco mais a criar a infraestrutura necessária.

A previsão é que até 2025 o 4G e 3G continuem sendo os mais usados no mundo.

No Brasil, após os leilões serem realizados e as operadoras começarem a oferecer o serviço, o crescimento deve ser gradual, primeiro nas grandes capitais e, só depois, para o resto do país.

Quais dispositivos aceitam a internet 5G?

Internet 5G: O que é, Características e Cobertura

À medida que mais países vão implementando a internet 5G, novos dispositivos passam a ser desenvolvidos para suportar a tecnologia.

Separamos os principais modelos de smartphones que passam a contar com a cobertura da quinta geração da banda larga móvel. Confira:

Motorola

  • Motorola G 5G
  • Motorola G 5G Plus
  • Motorola Edge
  • Motorola Edge +

Xiaomi

  • Mi10T
  • Mi10Pro

Samsung

  • Galaxy S 21 5G (+)
  • Galaxy Note 20

Apple

  • iPhone série 12

Asus

  • Zenfone 7

Vale lembrar que, além dos smartphones, outros dispositivos podem passar a aceitar a tecnologia 5G com o intermédio da Internet das Coisas.

Qual é o custo médio da internet 5G?

Usando como parâmetro os países que já implementaram a internet 5G, é possível ver que o custo médio dos planos oferecidos pelas operadoras é, de certa forma, acessível.

Isso acontece, segundo especialistas, porque o custo do bit do 5G é mais baixo, possibilitando franquias que não pesam tanto no bolso do consumidor.

A Vodafone, empresa britânica, por exemplo, tem disponibilizado à população planos de internet 5G ilimitados por cerca de 30 libras.

O mesmo ocorre em outros países, como os EUA, por exemplo.

A diferença é que, por lá, devido às limitações da cobertura, há descontos quando a tecnologia não funciona e o usuário precisa recorrer à internet 4G.

Quais são os benefícios da internet 5G?

Internet 5G: O que é, Características e Cobertura

A internet 5G oferece muitos benefícios, por isso fizemos um resumo com os principais para você não se perder.

Acompanhe!

Mais velocidade

Além de a velocidade de download ser até 34 vezes mais rápida em relação ao 4G, a de upload também deve ser maior, ainda que não na mesma proporção devido a limitações das baterias dos aparelhos.

Redução do consumo de bateria

Por falar em bateria, o consumo também deve ser melhor (essa é nova!).

Isso porque a tecnologia deixa que o sistema 4G opere, permanecendo sem uso até que o usuário precise lançar mão de funções que exijam mais rapidez.

Maior cobertura

Em tese, a tecnologia 5G pode suportar de maneira simultânea até 1 milhão de dispositivos móveis por km².

Isso tem tudo a ver com aquela lógica de bloco de espectros que comentamos anteriormente.

Menor tempo de resposta

Com uma taxa de latência menor, grandes inovações que contavam com entraves tecnológicos, como o carro autônomo, podem ser implementadas de maneira muito mais confiável e segura.

5G e a Internet das Coisas

Internet 5G: O que é, Características e Cobertura

A Internet das Coisas (IoT) já é uma realidade.

Diversos segmentos, desde agricultura até varejo e produtos para casa usam aparelhos conectados e geradores de informações.

Entretanto, sua popularização esbarrava nas limitações da internet 4G.

Agora, com a nova frequência, muito mais potente e veloz, com a capacidade de transmissão de dados ganhando um enorme boost, toda a indústria de IoT deve crescer.

O exemplo mais usado é o dos carros inteligentes, que não necessitam de motorista.

Conectados com as informações recebidas por um aplicativo, um atraso na transmissão do dado ou uma queda no sistema por limitação na capacidade poderia significar um acidente sério.

Com a internet 5G, os testes com carros automatizados só devem crescer.

E com o aumento da cobertura e alcance da tecnologia 5G nos próximos anos, é de esperar que logo vejamos esses carros do futuro andando nas nossas ruas.

O 5G causa câncer?

Internet 5G: O que é, Características e Cobertura

ligação entre a radiofrequência e a radiação que ela emite com tumores em humanos não é uma coisa nova. Até organizações de saúde estabelecem essa correlação..

Mas a razão para os celulares não terem sido banidos é que testes feitos com animais – especialmente ratos – concluem que as ondas podem causar tumores, mas a exposição para isso acontecer é muito maior do que a de um usuário que usa muito o celular.

Só que essa informação não gerou uma sensação de alívio generalizado. A cidade de Mill Valley, próxima de San Francisco, proibiu a instalação de torre 5G por medo de ela gerar problemas de saúde para a população.

Isso no quintal das empresas do Vale do Silício.

As cidades europeias de Bruxelas (Bélgica) e Genebra (Suíça) proibiram testes com a mesma argumentação que Mill Valley.

A questão com o 5G é que a transmissão é mais potente, assim como a frequência usada.

O que tirar disso então? Diversos especialistas concordam que você não deve parar de usar o celular, mas deve fazê-lo de forma inteligente, por menos horas.

E que as pesquisas, por mais que não tragam boas notícias, ainda não podem ser condenatórias com os aparelhos e a tecnologia 5G.

Internet 6G: o próximo passo

Internet 5G: O que é, Características e Cobertura

Estamos aqui falando das maravilhas do 5G e sobre como ainda deve demorar para chegar para o público brasileiro de forma massiva.

Só que, como toda inovação tecnológica nos últimos anos, já há a ansiedade sobre o próximo passo.

E a China, de novo, quer ser protagonista nessa história.

Ministro de Indústria e Tecnologias da Informação, Miao Wei declarou no fim de 2018 que o país começaria a estudar o 6G.

O que já foi antecipado é que a sexta geração oferecerá uma velocidade ainda maior (chegaria a 1 terabyte por segundo) e menor latência.

E se a China está pensando nisso…

“Eu quero 5G e até 6G nos Estados Unidos o mais cedo possível. As tecnologias são bastante mais poderosas, rápidas e inteligentes do que a atual (4G). As companhias americanas precisam melhorar no seu esforço ou serão deixadas para trás. Não há razão para estarmos ficando pelo caminho”, disse Donald Trump quando ainda era presidente – e antes de ter a conta suspensa no Twitter.

Internet 5G: O que é, Características e Cobertura
Internet 5G

Conclusão

internet 5G já é realidade para sortudos em partes da Coreia do Sul e dos Estados Unidos.

Desde 2019, ela se espalha por mais países.

As empresas de celular irão acompanhar a novidade e oferecer aparelhos que permitam essa conexão muito mais rápida.

Porém, o grande impacto deve ser nos aparelhos inteligentes, que irão se multiplicar e facilitar nossas vidas nos mais diversos aspectos. A Internet das Coisas será ampla e generalizada.

Mas a chegada dessa tecnologia não veio sem polêmica e discussões.

Entre elas, mais uma rusga entre EUA e China, a volta ao holofote da relação entre a radiação das ondas eletromagnéticas e o surgimento de tumores, e até velhas questões com nossa dependência da tecnologia e o que ela causa nas relações humanas.

Independentemente de sua opinião sobre esses tópicos, a realidade é que a internet 5G e toda a inovação que vem junto mudarão nossas rotinas.

 

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.