Mostra de Teatro EnCena movimenta cultura de Jacarezinho

Desta quarta-feira até domingo

A Mostra de Teatro de Jacarezinho “EnCena” chega a sua 14ª edição no ano de 2018. O evento, realizado pela Prefeitura de Jacarezinho, pelo Serviço Social do Comércio e pela Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), acontece de quarta-feira, dia 29 de agosto, até domingo, dois de setembro e, durante os cinco dias de Mostra, reúne peças e oficinas culturais para o público da cidade e região.
Sete peças de teatro de grupos do Paraná e de São Paulo, além de quatro oficinas, prometem emocionar o público. As atrações ocorrerão no Conjunto Amadores de Teatro (CAT), no auditório do Centro de Letras, Comunicação e Artes (Antiga Fafija) e em espaços abertos como a Praça Rui Barbosa e no Centro da Juventude José Richa, no bairro Aeroporto.
A Mostra será aberta com o espetáculo “O Poste”, da Cia Daniel Silvi, de Campinas-SP. A peça acontece nesta quarta-feira, 29 de agosto, na Praça Rui Barbosa às 9h, e no Centro da Juventude às 17h. O espetáculo criado por Daniel Salvi e dirigido por Ricardo Puccetti tem duração de 50 minutos e é de classificação etária livre.
Ainda nesta quarta, 29 de agosto (foto abaixo), o espetáculo “Desfazer A-MA-La”, da Cia Humatriz, de Jacarezinho, convida o público ao CAT, às 20h30. Peça solo de Adelvane Néia, dirigida por Silvana Stein, tem duração de 50 minutos e faixa etária de 12 anos. O espetáculo, que apresenta alguns aspectos do processo de montagem do solo “A-MA-LA”, percorre, por meio do exercício memorialístico, a trajetória de vida-arte-vida da atriz Adelvane Neia.

                                          

De Curitiba, a Cia Circo Rodado apresenta a “Reprises Pareadas” (foto principal) que conta com a atuação dos atores Bruno Mancuso, Diogo Bonito, Mateus Tropo e Paulo Henrique Carneiro. A classificação indicativa é livre e o espetáculo dura cerca de uma hora. A Cia realizará um cortejo na Rua Paraná no dia 30 de agosto, com apresentações gratuitas na Praça Rui Barbosa às 9h30 e 14h30.
Na quinta e na sexta, 30 e 31 de agosto, mais EnCena em dose dupla. “Para não morrer”, da Cia Espaço Cênico, de Curitiba, será encenada, respectivamente, no CAT e no auditório do Centro de Letras, Comunicação e Artes da UENP, (Antiga Fafija), às 20h30. Premiadíssimo, o espetáculo possui classificação etária a partir de 16 anos e tem duração de 60 minutos. A peça, cuja dramaturgia é de Francisco Mallmann, é encenada pela atriz Nena Inoue.


Na sexta, 31 de agosto, o Núcleo Solar de Teatro, de Bauru, fará duas apresentações da peça “Tistou” (foto acima) , às 19h30 e às 22h, no CAT. O espetáculo é dirigido por Rafael Maia e Elio Andreotti e tem duração de 70 minutos e faixa etária a partir dos 12 anos.
Durante o sábado, 1º de setembro, o EnCena contará com mais uma peça local. “O Céu de Valentim”, atuado e dirigido por Eduardo Giacomini e Olga Nenevê, será exibido às 20h30 no CAT. A peça tem duração de 60 minutos e o espetáculo possui classificação Livre.
Quem encerra a XIV edição do EnCena será o Grupo Obragem de Teatro, com o espetáculo “Essencial”. A peça será encenada no CAT, no domingo, dia 2, às 20h30.O espetáculo, que reflete sobre a manutenção da vida humana, dura cerca de 60 minutos e tem classificação livre para todos os públicos.

Os ingressos são gratuitos, mas devem ser retirados no CAT das 9h às 11h30 e das 13h30 às 17 horas.Inscrições para as oficinas no SESC. Telefone: (43) 3511-2700″

Oficinas– Na sexta, 31 de agosto, às 9h, o Sesc receberá a oficina Livre de Teatro, que dura cerca de 6 horas e é destinada a participantes acima dos 14 anos. A oficina explora a questão da mulher e das relações de poder, seguindo o tema apresentado em “Para não morrer”.
Já no sábado, 01, às 19h, e no domingo, às 13h, no Sesc, o Núcleo Solar de Teatro ministrará a oficina “O eixo (ou a base)”. A oficina proporcionará aos integrantes, primeiramente, a reflexão sobre diversos aspectos individuais e coletivos de atuação, para, na sequência, conseguir estabelecer um plano de ação eficaz e estimulante, visando sempre uma evolução consciente e saudável.
“A vibração das camadas de presença do intérprete criador” é a segunda oficina do EnCena, que acontece na manhã de domingo, 2 de setembro, às 9h, também no Sesc. A oficina valoriza a sintonia entre teoria e prática, empirismo e reflexão crítica no processo criativo e na imaginação ativa, seguindo a linha de “O Céu de Valentim”. O encontro dura 6 horas e também se destina a participantes com mais de 14 anos.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.