Em Jacarezinho, licitação para LED será aberta dia 13

Edital prevê o fornecimento e instalação de até 8.500 luminárias LED

A licitação para a substituição da iluminação pública de Jacarezinho por luminárias LED será aberta no dia 13 de maio deste ano (Pregão Eletrônico n.° 37/2022). A licitação tem por objeto a aquisição e instalação de luminárias da rede de iluminação pública, conforme memorial descritivo – anexo I do Edital, e melhorar a qualidade dos serviços de iluminação pública.

O valor máximo da Ata de Registro de Preços é de R$ 8.917.355,60 (oito milhões, novecentos e dezessete mil, trezentos e cinquenta e cinco reais e sessenta centavos). A abertura das propostas ocorrerá às 8h30 do dia 13 e o início da disputa de preços a partir das nove horas.

 

Segundo o secretário municipal de Conservação Urbana, Fabiano Possetti Néia, a administração municipal decidiu optar pela licitação não apenas dos materiais e equipamentos, mas também dos serviços de instalação e descarte dos materiais retirados. “O objetivo é agilizar a troca das lâmpadas. O pessoal que temos na Prefeitura demoraria meses para essa implantação, além de que ficaria restrito a esse serviço enquanto outras manutenções são necessárias. Esperamos que ainda este ano boa parte dos bairros estejam com a nova iluminação”, prevê. “Teremos uma iluminação que vai oferecer maior claridade e menor consumo de energia elétrica, gerando economia para o Município, além de diminuir a frequência de manutenção, ou seja, as lâmpadas LED têm maior durabilidade”, compara o Secretário.

 

A vida útil desse tipo de lâmpada é de 65 mil horas e elas têm garantia total de 5 anos. Além das lâmpadas serão adquiridos até 4000 braços para fixação de luminárias em LED; 350 suportes de topo de poste para até 4 luminárias; fornecimento e instalação de até 7700 relés fotoelétricos.

“É importante destacar que a licitação é para o registro de preços. Essa é uma modalidade de licitação que permite licitar uma quantidade maior, que poderá ou não ser utilizada, conforme surgir a necessidade, e permitir a instalação de luminárias em pontos onde atualmente estão sem iluminação, sem que haja a necessidade de realizar um novo procedimento licitatório”, esclarece Néia.

Projeto

  • De acordo com o projeto de iluminação pública elaborado pela Administração Municipal, as luminárias serão adequadas a cada tipo de via: trânsito rápido ou arterial (tráfego intenso);
  • trânsito rápido ou arterial (tráfego médio), ou coletora (tráfego intenso); coletora (tráfego médio);
  • coletora (tráfego leve) ou local (tráfego médio); local (tráfego leve).
  • O projeto levou em conta também se as ruas possuem uso noturno intenso (calçadões e ruas de comércio); semi-intenso (avenidas, praças e áreas de lazer); moderado (passeios, acostamentos);
  • e baixo (passeio de bairro residencial).

A Prefeitura hoje dispõe de R$ 4,76 milhões, obtidos pelo prefeito Marcelo Palhares graças a um financiamento junto ao Banco do Brasil, e vai buscar novas fontes de recursos para completar a substituição das luminárias em todos os bairros da cidade.

Os interessados em retirar o referido Edital podem solicitá-lo ao Departamento de Compras, Licitações e Contratos do Município de Jacarezinho, Estado do Paraná, via e-mail (licitacao@jacarezinho.pr.gov.br), telefone (43) 3911-3018, ou acessar os arquivos no link abaixo.

https://www.jacarezinho.pr.gov.br/licitacaoView/?id=3361

Na língua portuguesa, a palavra LED significa diodo emissor de luzTrata-se de um componente eletrônico capaz de emitir luz visível transformando energia elétrica em energia luminosa. Esse processo é chamado de eletroluminescência.

primeiro LED foi criado em 1963 pelo engenheiro e inventor Nick Holonyak e era capaz de emitir apenas a cor vermelha. Com o passar dos anos e com o desenvolvimento da tecnologia, novas cores de LED foram desenvolvidas. Diferentemente do laser, o LED não emite luz monocromática, mas sim uma faixa pequena de determinadas cores.

Os LEDs são feitos de materiais semicondutores. Substituindo alguns dos seus átomos por outros em um processo chamado de dopagem, é possível controlar a cor emitida pelo dispositivo. Confira os exemplos a seguir: Esses dispositivos normalmente operam com tensões elétricas entre 1,5 V e 3,3 V. Os LEDs brancos, também conhecidos como RGB (do inglês, redgreen e blue) são formados por três LEDs: um vermelho, um verde e um azul.

Atualmente, é comum encontrar televisores que utilizam a tecnologia LED em seus painéis. Essa popularização deve-se a alguns fatores, como:

  • Baixo consumo de energia elétrica, em relação às lâmpadas convencionais incandescentes e as lâmpadas fluorescentes;
  • Alto rendimento, ou seja, baixa dissipação de energia;
  • Essa tecnologia é produzida com materiais semicondutores, como o silício, causando menos impactos na natureza do que as tradicionais lâmpadas de mercúrio;
  • Vida útil mais longa, podendo ultrapassar facilmente 100 mil horas de uso.

Tendo em vista tais qualidades, é possível perceber que optar por lâmpadas de LED pode ser uma escolha interessante para a iluminação pública e residencial, pois elas são capazes de trazer mais economia e menos desgaste ambiental.

Você terminou a leitura
Compartilhar essa notícia
Escrever um comentário

Últimas notícias

Super Fecha Mês só na “Impacto Prime”
1 hora atrás

Centro automotivo com promoção imbatível Super Fecha Mês na Impacto Prime de Santo Antônio da

Baile de Formatura de administração sábado
2 horas atrás

Evento ocorrerá no próximo sábado (28) É com grande expectativa, que os formandos de Administração

Molini’s promove Festival do Milho
3 horas atrás

Até o próximo domingo em todas as unidades do grupo  

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.