Jogos de Aventura e Natureza incluem Norte Pioneiro

Siqueira Campos, Salto do Itararé, Carlópolis, Ribeirão Claro e Jacarezinho

Natureza, esporte, aventura, turismo e cultura, tudo misturado. Essa é a essência dos Jogos de Aventura e Natureza, evento que vai movimentar o Paraná de ponta a ponta a partir de agosto. Dividido em cinco etapas, as ações esportivas seguem até dezembro, abrangendo três regiões e 26 municípios do Estado, área com uma população estimada de 830 mil habitantes. O lançamento será feito pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, dia 23 de julho.

O evento incluirá o Norte Pioneiro, destacando o projeto Angra Doce, que busca o desenvolvimento do turismo sustentável na região , e a Aliança Paraná Sustentável, proposta desenvolvida entre 2011 e 2013 e que reuniu Estado, municípios, a iniciativa privada e a sociedade civil organizada para construir no Paraná um modelo regional de sustentabilidade em todos os seus níveis: ecológico, econômico, político e cultural.

Morro do Gavião de Ribeirão Claro
A região de Angra Doce está localizada no entorno da Usina Hidrelétrica de Xavantes, na confluência dos rios Paranapanema e Itararé, na divisa entre os estados do Paraná e São Paulo, englobando 15 municípios situados no entorno da usina. A região é propícia para a prática de vários esportes e também possui cachoeiras, trilhas, praias artificiais e lugares históricos, como a ponte pênsil Alves de Lima.
Foi feito um protocolo entre os governos paranaense e paulista em fevereiro de 2017. Empreendedores estão sendo atraídos para a região, haverá promoção de esporte, pesca e novos hotéis em um lugar cheio de belezas naturais.
Cinco municípios do Paraná e dez de São Paulo (Barão de Antonina, Bernardino de Campos, Canitar, Chavantes, Fartura, Ipaussu, Itaporanga, Piraju, Ourinhos e Timburi) serão impactados pelas ações em Angra Doce.
A proposta, que é chancelada como projeto inovador pelo Programa Cidades da Organização das Nações Unidas (ONU), é montar uma governança envolvendo vários setores dois estados, envolvendo secretarias de governo, universidades e sociedade civil.
 Catedral de Jacarezinho 

 

Os Jogos reunirão 29 modalidades: pesca esportiva, bodyboard, canoagem, iatismo, stand up paddle, triathlon, canoa havaiana, wakeboard, surf, paraquedismo, parapente, balonismo, futevôlei, beach tênis, beach soccer, vôlei de praia, BMX, mountain bike, cicloturismo, jeep, rally, corrida de rua, slackline, escalada, skate, rugby, corrida de aventura, cross country e hand beach. A expectativa é a participação de 3 mil atletas por etapa, com 20 mil pessoas envolvidas.

“É um projeto inovador e arrojado, que coloca o esporte como uma das pontas de lança para o desenvolvimento do turismo do Paraná”, diz o governador Carlos Massa Ratinho Junior. “Os jogos vão evidenciar a riqueza natural do nosso estado, atrair atletas e visitantes e movimentar a economia”, afirma.

Os Jogos de Aventura e Natureza, diz Ratinho Junior, se incluem nas iniciativas do Governo do Estado para alcançar a meta de transformar o turismo em uma das principais matrizes econômicas do Estado. “O desenvolvimento deste setor é a forma mais barata de ampliar a geração de empregos. O Paraná nunca trabalhou o turismo de forma organizada e planejada, nunca usou seu potencial para fazer desse setor uma grande matriz econômica”, enfatiza.

VOCAÇÃO ESPORTIVA – Para o presidente da Esporte Paraná, Helio Wirbiski, os Jogos são uma oportunidade de desenvolver a vocação esportiva de cada localidade e ainda fomentar o turismo. “A ideia é movimentar os municípios, especialmente na baixa temporada, para que se gere renda. É uma vontade do governador Carlos Massa Ratinho Junior desenvolver as regiões do Estado por meio do esporte, do turismo e da cultura”, disse.

“Vamos mostrar o Paraná por inteiro, do Litoral ao Interior, um turismo itinerante que passa por várias cidades. E com isso incrementar a economia, o turismo e o comércio”, ressalta João Jacob Mehl, presidente da Paraná Turismo.

ESTREIA – A abertura ocorre no Litoral, entre os dias 10 e 19 de agosto. Os Jogos se dividem em três categorias: competição, apresentação e participação. A de competição reúne modalidades cujas inscrições são feitas via federações esportivas, muitas delas com premiações em dinheiro – além de troféus e medalhas.

“O valor de inscrição do atleta, para as modalidades que assim definirem, será revertido em premiação”, confirmou o coordenador dos Jogos, Tiago Campos, que ainda salientou que “essa parceria com as federações é fundamental para o fortalecimento do sistema esportivo paranaense e ainda permite prestigiar os atletas e atrair competidores de alto nível”.

A comunidade local também poderá participar diretamente do evento, em clínicas disponibilizadas em diversas modalidades, a exemplo do de stand up paddle, escalada, rugby, skate e slackline. Haverá ainda esportes de apresentações, caso do paraquedismo, balonismo, parapente e wakeboard.

Após a etapa de estreia, os Jogos migram para o outro lado do Paraná, a chamada Região dos Municípios Lindeiros, no Oeste. De 7 a 15 de setembro, será realizado nos municípios entre Guaíra e Entre Rios do Oeste. A terceira etapa, também no Oeste, será de 28 de setembro a 06 de outubro, na região entre Santa Helena e Foz do Iguaçu.

Depois disso, os Jogos voltam para o Litoral para a quarta fase, de 19 a 27 de outubro, fechando o cronograma em dezembro, em outra região, a Angra Doce, no Norte Pioneiro, de 23 de novembro a 1º de dezembro. “Queremos que conheçam o potencial e as belezas do Paraná. Que os atletas e seus parentes, depois de competir, possam voltar para passar férias”, afirma Tiago Campos.

CULTURA – Os Jogos de Aventura e Natureza têm também por premissa a valorização da cultura paranaense. Por isso, a cada etapa haverá shows de bandas e artistas locais, com atividades de recreação, culturais, de lazer e saúde. Na abertura, dia 10 de agosto, acontecem shows da Banda Que Voa, Milk N’ Blues e Denorex 80.

COMUNIDADE – A população local também poderá participar e até competir nos Jogos. Haverá eventos de cicloturismo, stand up paddle, slackline, entre outros, cujas inscrições serão feitas no momento do evento.

CIDADES Região Angra Doce: Siqueira Campos, Salto do Itararé, Carlópolis, Ribeirão Claro e Jacarezinho; Região dos Municípios Lindeiros: Diamante D’Oeste, Entre Rios do Oeste, Foz do Iguaçu, Guaíra, Itaipulândia, Marechal Cândido Rondon, Medianeira, Mercedes, Missal, Pato Bragado, Santa Helena, Santa Terezinha do Itaipu, São José das Plameiras, São Miguel do Iguaçu e Terra Roxa; Litoral: Antonina, Guaratuba, Matinhos, Morretes, Paranaguá e Pontal do Paraná.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.