Saúde de Jacarezinho imuniza jovens de 15 anos

Cerca de 7,5 mil de outras idades ainda precisam da segunda dose na cidade

Dados da Secretaria Municipal de Saúde de Jacarezinho informam que ainda há cerca de 7,5 mil pessoas para completar o ciclo vacinal com as duas doses contra a Covid-19. Das 33.145 pessoas que receberam a primeira dose do imunizante, 7.489 ainda não haviam recebido a segunda dose até a tarde de quarta-feira (dia 24). O número representa 22,59% do total de vacinados com uma dose.

Nesta quinta-feira (25), estão sendo vacinados os jovens da faixa etária de 15 anos, no Posto de Saúde Central (Moysés Lupion), Aeroporto e Vila São Pedro, das 13h30 às 15h30. Essa faixa etária está recebendo a segunda dose antes da faixa de 18 a 23 anos devido à alteração do intervalo entre as vacinas promovido pelo Ministério da Saúde.

“De 18 de setembro em diante o intervalo foi reduzido de 12 para 8 semanas. Para as pessoas vacinadas dessa data para trás, mantivemos o intervalo aprazado na Carteira de Vacinação, e do dia 18 em diante, reduzimos para as 8 semanas determinadas. Em virtude disso houve esse descompasso em relação às faixas etárias”, explica o secretário municipal de Saúde, João Luccas Thabet Venturini.

Nesta quinta-feira (25), portanto, serão vacinados com a segunda dose as pessoas com 15 anos, e no dia 9 de dezembro, as com idade entre 18 e 23 anos. “É importante esclarecer que seguimos rigorosamente o cronograma de vacinação estabelecido em conjunto pelo Ministério da Saúde e Secretaria de Estado da Saúde”, lembra Venturini. “Gostaríamos de lembrar a todos que observem as datas de retorno para a segunda dose, constante em suas Carteiras de Vacinação, pois em algumas faixas etárias observamos um número elevado de ausências. Quem ainda não recebeu a segunda dose por esquecimento pode procurar o Posto de Saúde para agendamento dessa aplicação”, avisa.

Crianças
Nesta sexta-feira (dia 26) serão vacinadas com a primeira dose as crianças com idade igual ou superior a 12 anos. São esperadas entre 700 e 800 aplicações nessa faixa etária. As vacinas estarão disponíveis em todas as unidades de Saúde, das 13h30 às 16 horas. “Temos recebido questionamento de pais que desejam vacinar seus filhos com idade inferior a 12 anos, e só temos a elogiar nossa população que, a despeito de campanhas contrárias, aderiu em massa à vacinação – único mecanismo eficaz para evitar internações e óbitos. Infelizmente até aqui não houve definição por parte do Programa Nacional de Imunização para esse público, e temos que aguardar essa decisão por parte dos órgãos competentes”, adverte Venturini.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.