Monsenhor se recupera da Covid

Está em Cambará e já trabalhou em Jacarezinho, Itambaracá, Santa Amélia, Barra do Jacaré, Bandeirantes e Santo Antônio da Platina

O padre Sílvio Marcos Pawak, pároco da Paróquia Nossa Senhora das Graças, de Cambará, informou  ao npdiario, na tarde deste sábado, dia dez, que o quadro clínico do Monsenhor José Maria Nogueira (fotos) é “estável e tranquilo”.
Ele teve problemas de pressão arterial, se recuperou, mas na última quinta-feira, dia sete, fez o exame e teve confirmada a infecção pela Covid-19. Pawak disse que o colega religioso é o vigário, e está sendo cuidado na própria paróquia cambaraense sem maiores preocupações.

Já tinha tomado as duas vacinas, o que também é garantia de recuperação mais rápida e garantida. Familiares e amigos mais próximos pedem orações.

Natural de São João Nepomuceno(MG), foi Ordenado padre em 17 de Julho de 1976 (Fortaleza/CE), chegou na Diocese de Jacarezinho a convite de Dom Pedro Fillipak em 1976, onde passou a atender a Paróquia São Pedro Apóstolo (Jacarezinho).

Em seguida José Maria foi para Cambará, Paróquia Nossa Senhora Aparecida, onde pastoreou por quatro anos; sendo convidado pelo então bispo Dom Conrado Walter para ser Diretor Espiritual dos Dois Seminários na Diocese, função que desempenhou durante um ano.

Na sequência, esteve em Itambaracá, Paróquia São Francisco Xavier, durante seis anos; em Santa Amélia, na Paróquia São José, durante oito anos; foi para Barra do Jacaré, Paróquia Nossa Senhora Aparecida, durante um ano; voltou a Cambará, servindo à Comunidade Paróquia Nossa Senhora das Graças, mas residindo numa casa que recebeu da comunidade, permanecendo três anos.

Depois, foi seis anos Vigário Paroquial do Santuário Santa Terezinha do Menino Jesus e da Sagrada Face em Bandeirantes, onde recebeu oficialmente na noite de 29 de dezembro de 2011 por meio do Bispo Diocesano o título de Monsenhor, além de anunciado como Vigário Paroquial para Santo Antônio da Platina. Na sequência, Cambará e Santo Antônio da Platina e de novo Cambará, onde permanece hoje.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.