Escorpiões caçados à noite em Abatiá

Com luz lanterna de luz ultravioleta

Em Abatiá, agentes de saúde e moradores têm saído às ruas para caçar escorpiões. Na noite de quinta-feira (7), foram capturados 147 animais no centro da cidade.

Os grupos estão usando lanternas com luz ultravioleta para encontrar os animais. O escorpião aparece nesse tipo de luz porque o corpo dele é sensível a esse tipo de iluminação e fica fluorescente ao perceber a luz do equipamento.

A captura de escorpião é feita pelos agentes treinados para isso. Eles usam botas, luvas e pinças. O veneno do escorpião amarelo é um dos mais perigosos, atinge o sistema nervoso e provoca alterações respiratórias.

De acordo com o Ministério da Saúde, o Paraná é o estado com mais incidentes com escorpiões do sul do país, e os números vem crescendo nos últimos anos. Em 2016, foram 1.713 acidentes, em 2017 subiu para 2.340 e 2018 chegou a 2.877. Para comparação, em 2018, Santa Catarina registrou 330 acidentes e no Rio Grande do Sul foram 314(Colaborou G1).

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.