WhatsApp: delegado alerta sobre golpes

Não transfira dinheiro sem fiscalizar e confirmar origem de pedido

Nova modalidade de golpe tem ocorrido com maior incidência nos últimos tempos, trata-se do golpe do falso depósito. O estelionatário tem, de alguma forma ilícita, acesso aos dados bancários da vítima e, em seguida, faz deposita no terminal do banco, porém com o envelope vazio.

Em seguida, entra em contato com a pessoa enganada, antes do banco verificar se o envelope contém a quantia declarada, diz ser funcionário da instituição e alerta que foi feito um depósito por equívoco na sua conta, pede para vítima devolver o dinheiro por transferência e indica a conta de um “laranja”.

A vítima, segundo alertou nesta sexta-feira, dia quatro, o delegado Rafael Guimarães (foto) é induzida ao erro, pois verifica no extrato bancário o registro do depósito e acaba transferindo seu próprio dinheiro para cobrir o falso depósito. O prejuízo na maioria dos casos é de R$ 200,00 a R$ 40 mil

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.