Corpo de platinense será cremado hoje ou amanhã; saiba como é a técnica

Maquiador tinha 30 anos

O corpo do maquiador Junior Gomes (fotos) foi encontrado em torno das 22 horas desta segunda-feira, dia dez, num sítio perto da Fazenda Santa Rita, em Santo Antônio da Platina. Ele se enforcou tirando a própria vida numa goiabeira.
Normalmente, o npdiario não publica esse tipo de informação, mas como Junior era uma pessoa pública e muito conhecida, a direção resolveu noticiar.
Ele foi levado para o Complexo Parque das Allamandas (Cemitério Parque, Crematório e Planos Assistenciais), em Londrina.Por motivos burocráticos com documentos, só será cremado nesta quarta ou na quinta-feira,dia 13.
Há certos pré-requisitos associados à cremação por ser um processo irreversível, a começar pela certidão de óbito do falecido e a permissão de um médico legista. Além disso, se a pessoa não deixou sua vontade escrita e documentada, é preciso obter um formulário de autorização de cremação preenchido e assinado pelo parente mais próximo.
Como é impossível determinar a causa da morte depois da cremação, alguns estados também têm um período de espera de 24 a 48 horas após a morte, principalmente em casos de morte violenta.Há também algumas exigências em relação ao recipiente que será utilizado.
Depois de tudo acertado, o corpo é colocado em uma câmara de cremação e submetido a um calor extremo e a chamas diretas, a uma temperatura que varia entre 1.400 e 1.800 graus Celsius – em nosso corpo não há nenhuma célula que aguente uma temperatura maior que mil graus.
O processo costuma levar até três horas, dependendo de fatores como o peso do morto, o tipo de caixão ou recipiente em que o corpo é colocado e a temperatura da câmara.
O calor seca o corpo, queimando a pele e o cabelo, contraindo e carbonizando os músculos, vaporizando os tecidos moles e calcificando os ossos, fazendo com que eles se desintegrem. Após esse período, o cadáver é reduzido a restos de esqueletos, com alguns pedaços de ossos restantes.
As cinzas são, então, colocadas em um recipiente temporário ou em uma urna de cremação e entregues à família.Podem ser espalhadas, enterradas, jogadas no mar ou mesmo permanecer guardadas
Feita de maneira correta, a cremação é o modo mais ecológico de morrer, já que a queima dos corpos libera apenas água e gás carbônico em pequenas quantidades. Já os resíduos tóxicos acabam retidos em filtros de ar.
Além disso, através do processo, terrenos não são ocupados nem correm risco de contaminação.Uma pessoa com 70 quilos de massa se transforma em 1 ou 2 quilos de cinzas, enquanto sob a terra a decomposição pode durar até dois anos e deixar cerca de 13 quilos de ossos para a posteridade.
O preço total varia de R$ 1.500 até R$ 35 mil.

Recorde o caso: http://npdiario.com/especial/corpo-de-maquiador-sera-cremado-hoje-tarde-em-londrina/

Você terminou a leitura
Compartilhar essa notícia
Escrever um comentário

Últimas notícias

Carlópolis: dupla mata mulher na zona rural
12 de agosto de 2022

Depois PMs interceptaram os dois em Santo Antônio da Platina Dois bandidos renderam e agrediram

Show de Álvaro e Daniel em Siqueira
11 de agosto de 2022

Tempo da Graça Em Siqueira Campos ocorrerá evento religioso no Rincão Sorriso, no dia 07

Pilotos Pro Tork em rodada dupla no Sportbay/Motocross
11 de agosto de 2022

Quinta e sexta etapas da temporada acontecem na cidade de Morrinhos (GO) O Campeonato Sportbay

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.