Confira resultados de Conselho Tutelar na região

Mandato será de quatro anos

Em Carlópolis, a mais votada foi Damaris Andrea da Silva (foto). Depois,Thais, Rodrigo, Salete e Tatiane.

Em Ibaiti:

Jeffinho (302 votos);

Wilson Ramos (264);

Raquel Peres (235)

Rubens Caetano (196) e

Solange Sanches (192)

Ribeirão do Pinhal

Patrícia Badaró;
Almeida Polícia;
Pâmela Suzuki;
Clélio Barbosa e
Tamara Galdino.

Em Conselheiro Mairinck, o resultado foi este: Igor Fabiano Rocha (99 votos); Daniele de Souza Siqueira (83); Vanderlei José de Oliveira (80); Cayke Renan do Nascimento (76) e Maria Estela Pereira (70).

Andirá:
Ednan (258 votos);
Mara Melo (194);
Cristiano (147 );
José Carlos (142) e
Pedro Balabem  (139).

Tomazina
Jesuíno (363);
Adelina (295)
Rafaela Sanches (172);
Jociele de Campos (165) e
Delcides Depizzol (93).

Os eleitores escolheram assim em Santana do Itararé:

Willian Canute; Celina Radoski; Téia Coutinho, Jô e Luana Pinheiro.

Pinhalão o final ficou desta forma:
Ida (111 votos);
Cezão ( 107);
Marli (102);
Rosângela ( 79 ) e
Suellen ( 72).

Cambará, ficou definido assim:
Michele Leite Alves;
Rogênia Alves;
Marcial Cândido;
Rodrigo Ávila Rúbio e
Kamilla Amaro Maciel.

Em Quatiguá, o resultado foi:
Vanessa Cauane (154 votos);
Sílvia Robles (131);
Valquíria Olivetti (113);
Ligiamara Belasque (111) e
Elizama Fontana (101).

Em Jacarezinho, a votação final foi esta:

Bruna Gomes (856 votos);
Gabriel (691 votos);
Lediévy (636);
Rosa (564) e
Liliane(461).

Ribeirão Claro:
Celso ( 298 votos);
Soraia (175 );
Rafaela (163)
Rodrigo (134 ) e
Estela (106).

Em Santo Antônio da Platina foi assim: https://npdiario.com/especial/confira-os-cinco-eleitos-hoje-conselheiros-tutelares-platinenses/

A participação na escolha dos novos conselheiros não é obrigatória. No momento da votação, o cidadão apresentou o título de eleitor e documento de identidade original com foto, ou o aplicativo e-título, da Justiça Eleitoral. Puderam votar eleitores cadastrados nos tribunais regionais eleitorais até 14 de junho deste ano.

Conforme previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), puderam se candidatar aos conselhos tutelares pessoas residentes no município, que tenham 21 anos ou mais e que sejam de “reconhecida idoneidade moral”.

O ECA estabelece mais de uma dezena de atribuições aos conselhos tutelares, entre elas “representar contra a violação de direitos” de crianças e adolescentes.

A lei também diz que o processo para a escolha dos membros do Conselho Tutelar é “estabelecido em lei municipal e realizado sob a responsabilidade do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e a fiscalização do Ministério Público”. Quem foi eleito neste domingo, tomará posse em janeiro de 2020 para um mandato de quatro anos. 

Você terminou a leitura
Compartilhar essa notícia
Escrever um comentário

Últimas notícias

Operação salva vítima com Alzheimer em Cambará(veja vídeo)
9 horas atrás

União e estrutura possibilitaram resgate de idosa de 71 anos https://youtu.be/OwhiFCSxp-Q   A PM foi

Platinenses dividiram 245 mil na mega-sena
10 horas atrás

Apostadores ganharam na quina e na quadra O concurso da Mega-Sena sorteado na noite de

Pro Tork vence 3 categorias no RS
11 horas atrás

Zion Berchtold, na categoria 65cc, Gabriel Mielke na MX2JR e Bernardo Tiburcio na MXJR  O

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.