Festa das Néias em Santo Antônio da Platina

Festança foi promovida por três vizinhas com final de nome “Néia”

Na noite deste sábado, dia primeiro, pelo sétimo ano consecutivo, aconteceu através de muita criatividade somada ao bom humor e a amizade, a Festa das Néias, na Rua Fraternidade, no Jardim Saúde, em Santo Antônio da Platina.

Elas são vizinhas, na mesma rua, e, curiosamente, trazem, no final do nome, cinco letras iguais “néias”. Trata-se de Aniléia, Claudinéia e Rosinéia. A primeira é Podóloga, as outras duas, Professoras. Ambas casadas e praticantes da religião católica mantém uma amizade muito próxima e verdadeira no cotidiano.

Entre um e outro encontro das famílias para se confraternizar tiveram a ideia de organizar uma festa de rua alusiva aos festejos ‘caipiras’ desta época e reunir um grupo de amigos e familiares. A primeira festança do arraial aconteceu em 2011.

Como nos anos anteriores os esposos, filhos, familiares e alguns amigos ajudaram na decoração da festa com bambus, bandeirinhas, fogueira, cartazes dos santos populares da época, pequenos balões e, aos convidados, o pedido para que participem caracterizado à moda da roça, de vestidos com rendas, gravatas, camisas xadrez, paletós, chapéus de palha, remendos em roupas, embora se saiba que, atualmente, prevalece mais o estilo cowboy em muitas festas.

Crianças, adolescentes, jovens e adultos se misturaram num clima divertido e descontraído, com os menores próximos à fogueira e soltando bombinhas e, outros, aproveitando para participar da pescaria e garantindo brindes.

Como ocorreu nos dois últimos anos a festança das “Néias” atraiu familiares e amigos de outras comunidades, aumentando o número de pessoas e, é claro, das comilanças. Por falar em comer, as guloseimas são por conta de cada família que compareceu e trouxe um prato de salgado ou doce, como bolos de: fubá, chocolate, recheados; doces de: amendoim, de leite, entre outros; há também a pipoca, quentão, pãezinhos, refrigerantes, amendoim torrado e quirerinha.

A alegria maior ficou reservada para a dança da quadrilha sem ensaio, improvisada com os participantes saindo para o arrasta-o-pé, num clima de congraçamento. Nos últimos anos as organizadoras capricharam no visual, com vestidos iguais e arranjos curiosos na cabeça o que comprova que a união e amizade das três Néias, é o que prevalece e dá origem à festa organizada por Aniléia, Claudinéia e Rosinéia que acontece nesta noite de sábado.

Você terminou a leitura
Compartilhar essa notícia
Escrever um comentário

Últimas notícias

Motocicleta Honda é recuperada pela Rocam platinense
8 horas atrás

Em frente de um bar em Santo Antônio da Platina Durante patrulhamento, a ROCAM(Rondas Ostensivas

Missa de 7º dia de Marquinho Funileiro
9 horas atrás

Na igreja da Paróquia Santa Filomena Será celebrada neste domingo, dia 14, às 19h30m na

Sepultados corpos dos professores (vídeos)
10 horas atrás

Mortes de sete pessoas ligadas à educação do Norte Pioneiro é notícia de repercussão nacional

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.